Consumidor

Procon-MA fiscaliza bares e restaurantes de Barreirinhas

No primeiro dia, dos sete estabelecimentos vistoriados, todos foram autuados.
Imirante.com, com informações do Procon-MA01/03/2016 às 15h55

BARREIRINHAS – A equipe do Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão (Procon-MA), com a colaboração da Vigilância Sanitária, iniciou nessa segunda-feira (29), a fiscalização nos bares e restaurantes no município de Barreirinhas.

No primeiro dia, dos sete estabelecimentos vistoriados no povoado Caburé, todos foram autuados. A meta é percorrer, até o fim desta semana, 46 bares e restaurantes. Os fiscais estão verificando o cumprimento dos requisitos exigidos pelo órgão no fim de outubro, quando os bares e restaurantes foram notificados.

Na ação foram encontradas diversas irregularidades, a exemplo de condições sanitárias e higiênicas inadequadas, comercialização de produtos impróprios para o consumo, condições insalubres, utensílios impróprios para o uso, presença de insetos e transgressão de normas legais e regulamentares à proteção da saúde.

Os estabelecimentos terão um prazo de 10 dias para entregarem a defesa. Caso as justificativas não tenham fundamento ou não sejam apresentadas, poderão ser sofrer sanções que variam entre multa e interdição.

Na primeira etapa de fiscalização, o Procon-MA notificou 46 bares e restaurantes na sede do município e nos povoados Caburé e Atins, para que estes tomassem ciência das exigências necessárias para conquistar a certificação. O prazo encerraria em dezembro, mas foi prorrogado até fevereiro.

Entre os quesitos obrigatórios, a informação clara e precisa ao consumidor de que o pagamento da taxa de 10% é opcional, as formas de pagamento e oferta de comanda para consumo. Entre os quesitos facultativos estão o cardápio em outro idioma e informação quanto a ingredientes que podem causar alergias alimentares.

As questões sanitárias e de manuseio dos alimentos são fundamentais para garantir o selo. Na última fase do projeto, os estabelecimentos recebem um selo outorgado do órgão que garante segurança e qualidade no atendimento dos estabelecimentos.

Nossa função é orientar, mas também proteger os direitos dos consumidores”, disse o presidente do Procon-MA, Duarte Júnior.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.