Abuso sexual

Justiça decreta prisão preventiva de casal acusado de estuprar criança em Barra do Corda

Valdeir Ferreira e Luana Alves já estão presos na Unidade Prisional de Barra do Corda.
Imirante.com30/04/2019 às 23h53
Justiça decreta prisão preventiva de casal acusado de estuprar criança em Barra do CordaLuana Alves e Valdeir Ferreira estão presos por estupro de vulnerável. (Reprodução / TV Mirante)

BARRA DO CORDA - A Justiça decretou, nesta terça-feira (30), a prisão preventiva de Valdeir Fernandes Ferreira e Luana Cavalcante Alves, acusados pela polícia de estuprar uma criança de cinco anos em rituais no município de Barra do Corda, a 462km de São Luís. Valdeir e Luana já estavam presos na Unidade Prisional de Barra do Corda, mas, com a decisão judicial, o casal ficará detido até o julgamento do caso.

Valdeir Ferreira e Luana Alves foram presos na sexta-feira (26): de acordo com o delegado Renilton Ferreira, a vítima do casal era a filha de Luana, de apenas cinco anos, que sofria abusos sexuais durante rituais. Valdeir confessou o crime, mas Luana nega participação.

Em depoimento à Polícia Civil, Valdeir Ferreira revelou que praticava o abuso sexual contra a enteada ao lado da mãe da criança. Nos rituais, que foram realizados seis vezes, o sangue dos suspeitos e da vítima era retirado, ingerido e introduzido nas partes íntimas dos três, com um objeto em formato de pênis. Em seguida, Valdeir e Luana praticavam relações sexuais na frente da criança.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.