Manutenção

Exército vai trabalhar em obra de restauração da BR-135

Batalhão de engenharia de construção inicia os trabalhos a partir de junho; Dnit avança com serviços de restauração em Matões do Norte e Vitória do Mearim.
Imirante.com, com informações do Exército e Dnit21/01/2020 às 12h00
Militares do 3° Batalhão de Engenharia de Construção começaram deslocamento para o município de Bacabeira no dia 14 de janeiro. Foto: Divulgação / Exército Brasileiro.

BACABEIRA - Integrantes do 3º Batalhão de Engenharia de Construção, Batalhão Visconde da Parnaíba, foram deslocados para o município de Bacabeira, interior do Estado, para trabalharem na obra de restauração da BR-135.

A restauração das vias de acesso tem a finalidade de aumentar a capacidade de trafego na região dando maior segurança aos condutores. O começo da instauração do novo asfalto acontecerá, a partir do mês de junho, após finalização do período de inverno na região.

Atualmente 33 militares se descolocaram para realizar o serviço de manutenção das instalações do canteiro da 2ª Companhia de Engenharia de Construção, Destacamento Bacabeira, onde haverá a ocupação da tropa que executará os trabalhos na BR-135.

Obras DNIT

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) avança com os serviços de manutenção rodoviária em todo o Estado. Na última semana, foram realizados serviços de restauração na BR-135, no município de Matões do Norte. Também foram executados serviços de recomposição de base e capa asfáltica na BR-222, nas proximidades da cidade de Vitória do Mearim.

Obras na BR-135 no município de Matões do Norte. Foto: Divulgação / DNIT.

Praticamente toda a extensão das rodovias federais que atravessam o Maranhão contam com contratos de manutenção e recebem serviços corretivos rotineiros e periódicos. A Superintendência Regional do DNIT no Estado é responsável por 3.172 quilômetros de rodovias federais pavimentadas.

Na BR-135, o DNIT atua com serviços de restauração no KM 137,7, próximo à cidade de Matões do Norte. Seguno o DNIT, como a capa asfáltica está desgastada, é realizada a fresagem, a execução de nova capa e o tratamento superficial, de forma a garantir a trafegabilidade do segmento Miranda/Matões.

O DNIT também realiza serviços de recomposição de base e capa asfáltica no KM 313 da BR 222, próximo à cidade de Vitória do Mearim. A expectativa é concluir a recuperação do trecho até Santa Luzia do Tide até o final de janeiro.

DNIT realiza realiza recomposição e capa asfáltica. Foto: Divulgação / DNIT.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.