Assalto

Homens são presos por roubar 700 cédulas de RG em branco

Segundo delegado, as cédulas em branco de RG serviriam para aplicar golpes.
Divulgação/SSP-MA19/09/2014 às 17h58

BACABAL – Foram presos, nessa quinta-feira (18), Antônio Conceição Nascimento, 19 anos, e José Carlos Gana, conhecido como o “Buda”, de 26 anos, suspeito de cometer um roubo no Viva Cidadão, em Bacabal.

Segundo o delegado regional da cidade, Carlos Alessandro Assis, na quarta-feira (17), por volta das 17h, Antônio e Cleiton Pereira, 21 anos, estavam armados quando se dirigiram até o Viva Cidadão, localizado no centro de Bacabal, em uma motocicleta Titan Fan vermelha, de placa HPX-5138 e anunciaram o assalto.

Durante a ação criminosa, a dupla subtraiu do Viva Cidadão 700 cédulas de RG em branco e várias folhas de antecedentes criminais, também em branco. Após o crime, a dupla empreendeu fuga.

Ainda de acordo com a polícia, logo em seguida ao assalto, os policiais civis e militares deram início às buscas por toda região de Bacabal, a fim de localizar os criminosos.

Ainda na quinta-feira (18), os policiais conseguiram prender Antônio, em uma casa no bairro Areia. Já o Cleiton se evadiu do local. E José Carlos foi detido no bairro Centro, tentando fugir.

Antônio e José foram encaminhados até a 16ª delegacia regional de Bacabal, onde prestaram esclarecimentos.

Em depoimento, Antônio afirmou que o roubo foi encomendado por José Carlos pela quantia de R$ 3 mil. No momento da prisão, o valor de R$1.300 foi apreendido com Antônio. Esse dinheiro é parte do pagamento pelo crime. Já José Carlos, negou todo o envolvimento no caso.

O delegado Carlos Alessandro afirmou que as cédulas em branco de RG serviriam para aplicar golpes, principalmente, em idosos, e tirar empréstimos em agências bancárias. “Cada cédula de identidade é vendida, em média, por R$ 300” disse o titular do 1º DP de Bacabal.

Antônio e José Carlos foram autuados pelos crimes de roubo qualificado e associação criminosa. Após os procedimentos policiais, foram recambiados para a Unidade Prisional de Bacabal.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.