Em Arari

Cinco suspeitos de integrar grupo especializado em furto de combustível de trens são presos

A operação Carajás II foi realizada em Arari, onde foram apreendidos 2 mil litros de combustível e uma arma de fogo.
Imirante.com, com informações da Polícia Civil do Maranhão01/10/2021 às 09h51
Cinco suspeitos de integrar grupo especializado em furto de combustível de trens são presosCombustível apreendido pela polícia. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

ARARI - Cinco mandados de prisão temporária e 11 mandados de busca e apreensão foram cumpridos, nessa quinta-feira (30), contra investigados de integrar uma associação criminosa que furtava combustível e grãos da mineradora e operadora de logística Vale.

A operação batizada de “Carajás II” foi desencadeada no município de Arari, onde policiais do Departamento de Combate ao Roubo de Cargas (DCRC/Seic) com apoio da Senarc e SPCI, conseguiram desmontar o esquema criminoso.

Segundo as investigações do DCRC, tal associação criminosa causou um prejuízo de aproximadamente R$ 6.900.000, de janeiro de 2019 a setembro de 2021, principalmente em decorrência dos atrasos causados na operação, envolvendo os trens e Porto de Itaqui, em São Luís.

Durante o cumprimento dos mandados, foram apreendidos aproximadamente 2 mil litros de combustível e uma arma de fogo, resultando na autuação em flagrante delito de um dos presos pelo crime de posse irregular de arma de fogo e receptação dolosa.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.