Amarante do Maranhão

Ministério Público recomenda desativação de matadouro

De acordo com o órgão, no local existem diversas irregularidades.
Imirante Imperatriz 27/04/2019 às 10h46

AMARANTE DO MARANHÃO - O Ministério Público do Maranhão entrou com uma ação civil, recomendando a desativação, em caráter emergencial, do matadouro municipal de Amarante do Maranhão, cidade distante de Imperatriz 108 km.

No documento, o órgão recomenda a prefeita Joice Marinho, que seja desativado o abatedouro, impedindo que se faça o abatimento e manipulação de qualquer animal. Pediu ainda que a prefeitura encaminha no prazo de 10 dias ao Ministério Público relatório a respeito de todas as providências adotadas.

De acordo com o documento do MP, o matadouro não tem a mínima condição de funcionamento. O relatório aponta diversas irregularidades, que colocam em risco a saúde das pessoas que consomem carnes provenientes do local.

A investigação é baseada em denúncias, inclusive, da Câmara Municipal, de que o abatedouro funciona em condições precárias. Funcionários laboram em condições ruins, urubus tem acesso ao local e não existe a mínima higiene para a prestação das atividades.

A portaria foi assinada pelo promotor de justiça João Cláudio de Barros.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.