Terras Indígenas Araribóia

Continua combate a incêndio em terras indígenas

O Ibama já conseguiu controlar parte do fogo em que afeta a região próximo à os Awá-Guajá.
Imirante Imperatriz, com informações da TV Mirante20/10/2015 às 13h01

AMARANTE – Depois de receber produtos enviado pela Força Aérea Chilena, o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) conseguiu controlar parte do fogo que destrói a Terra Indígena Araribóia. As chamas foram controladas próximo a região onde ficam os índios awá-guajás, que ainda não tiveram contato com o homem.

O Ibama continua o planejamento de combate ao fogo com o uso de aviões, que lançam água nos pontos mais críticos e, também, com o trabalho dos 220 brigadistas que atuam no combate as chamas por terra.

Mesmo com o incêndio destruindo a Terra Indígena há mais de 40 dias, o produto químico enviado pelo governo chileno que potencializam os efeitos da água ainda não começou a ser usado. De acordo com o Ibama, a previsão é que a substância seja misturada com a água para ser lançada sobre o fogo ainda essa semana.

A operação na área na Terra Indígena Araribóia conta com quatro helicópteros, sendo um da Polícia Militar (PM). A direção dos ventos também está dentro do esperado pelo Prevfogo, o que facilita o trabalho na reserva. O incêndio já destruiu quase metade da floresta amazônica onde vivem os índios guajajaras, gaviões e awá-guajás.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.