Acidente fatal

Motociclista morre ao colidir em traseira de carreta, na BR-222

Segundo a PRF, a vítima não possuía CNH e havia ingerido bebida alcoólica.
Imirante.com / com informações da PRF07/04/2018 às 08h17
Motociclista morre ao colidir em traseira de carreta, na BR-222A velocidade máxima permitida para o local é de 30 km/h. (Foto: divulgação)

AÇAILÂNDIA - Um acidente envolvendo uma carreta e um motociclista foi registrado na noite dessa sexta-feira (6), resultando em uma morte, no km 665 da BR-222, no povoado Pequiá, em Açailândia. Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que atendeu a ocorrência, presume que a alta velocidade da motocicleta pode ter sido a principal causa da colisão. A velocidade máxima permitida para o local é de 30 km/h.

Leia também:

Acidentes nas rodovias federais caem 23% na Semana Santa, comparado a 2017

Acidente em Campo de Perizes deixa motorista gravemente ferido

O motociclista foi identificado como Moisés Ferreira de Sousa, de 30 anos. De acordo com informações da PRF, a vítima, que veio a óbito, não era habilitado. O condutor da moto morreu devido ao forte impacto com a traseira da carreta. Familiares da vítima informaram que ele teria ingerido bebida alcoólica antes de pegar a BR.

Segundo a PRF, o condutor do caminhão informou que dirigia em baixa velocidade, devido problemas mecânicos. O caminhoneiro, que não teve a identidade revelada, se evadiu do local com receio de ser agredido pela população, mas se apresentou momentos depois para os policiais rodoviários federais. Realizou o teste de etilômetro que não acusou embriaguez ao volante.

Ainda conforme a PRF, diante das informações obtidas, foi apurado, a princípio, o crime de homicídio culposo na direção de veículo automotor. O condutor da carreta foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil em Açailândia, para os devidos procedimentos legais.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.