Prisão foi feita no Rio de Janeiro

Preso, no RJ, autor de latrocínio contra adolescente na Cidade Operária

Danilo Silva de Jesus, conhecido como “Cobra”, estava na Comunidade do Mandela.
Imirante.com, com informações da Mirante AM10/07/2017 às 17h07
Danilo Silva de Jesus, conhecido como “Cobra”. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS – Nesse domingo (9), as polícias Civil e Militar do Estado do Rio de Janeiro, a pedido do Departamento de Latrocínio da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), prenderam Danilo Silva de Jesus, conhecido como “Cobra”. O jovem é acusado de assaltar e matar o adolescente Carlos Daniel Conceição de Souza, 16 anos, no dia 21 de março deste ano, no bairro da Cidade Operária, em São Luís.

Relembre o caso: Adolescente é vítima de latrocínio na Cidade Operária

Segundo informações do delegado Marcos Affonso, do Departamento de Latrocínio da SHPP, após o crime foi feito um intenso trabalho de investigação, sendo que a Polícia Civil do Maranhão descobriu que Danilo Silva, que estava na companhia de um comparsa na hora do crime, foi quem atirou contra Carlos Daniel. Ainda durante as investigações, a polícia do Estado recebeu informações de que Danilo havia fugido do Maranhão, e estava escondido em um morro na cidade do Rio de Janeiro.

De posse dessas informações, a Polícia Civil do Maranhão entrou em contato com a Polícia Civil do RJ, a qual realizou a prisão de Danilo Silva na Comunidade do Mandela, em Manguinhos, um local de extrema periculosidade.

Ainda de acordo com o delegado Marcos Affonso, após ser preso no Rio, Danilo confessou participação no crime, mas negou ter sido o autor do disparo que matou Carlos Daniel. No entanto, testemunhas afirmam que foi Danilo Silva de Jesus quem matou o adolescente.

Ouça a entrevista que o delegado Marcos Affonso deu na rádio Mirante AM contando detalhes sobre o caso.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2017 - Todos os direitos reservados.