SÃO LUÍS
Níveis baixos

Atividade na indústria da construção civil permanece em queda no Maranhão

  •  
  •  

Estado segue na contramão do país, que mantém uma trajetória ascendente desde maio deste ano.

0
Atividade na indústria da construção civil permanece em queda no Maranhão
Foto: Reprodução/Agência Brasil

SÃO LUÍS - Em julho, a indústria da construção civil do Maranhão registrou queda do nível de atividade em comparação ao mês anterior. A pesquisa Sondagem da Indústria da Construção Civil do Maranhão, realizada entre 1 e 11 de agosto pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA), mostrou que o nível se encontra muito abaixo da linha divisória dos 50 pontos, marcando 34,4 pontos, assinalando uma queda de 5,6 pontos. O nível de atividade das médias e grandes empresas teve uma queda mais acentuada, de 6,3 pontos, fechando em 33,3 pontos. Nas de pequeno porte também houve uma variação negativa, que atingiu 41,7 pontos.

Em contrapartida, o nível nacional da atividade da construção civil, no mês de julho, fechou em 42,3 pontos, de acordo com a pesquisa, e mantém uma trajetória ascendente desde maio de 2016. O indicador de número de empregados registrou uma intensa queda de 14,3 pontos na passagem de junho para julho, fechando em 22,6 pontos, a maior queda até o momento no ano de 2016.

O recuo do nível da atividade é verificado pela baixa utilização da capacidade operacional (UCO), que assinalou uma redução de 21%, o que indica um desaquecimento da produção. A UCO do setor da construção civil do Nordeste também apresentou queda para 52%. E no Brasil, a UCO aumentou para 57%.

O estudo revela ainda que as expectativas dos empresários para os próximos seis meses permanecem pessimistas. No mês de julho, todos os índices de expectativas caíram e encontram-se abaixo dos 50 pontos, indicando queda do nível de atividade, das compras de matérias-primas, do número de empregados e de novos empreendimentos.

A Sondagem da Construção Civil do Maranhão é elaborada mensalmente pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA) em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Participaram da pesquisa empresas construtoras de edifícios, empresas de serviços e de obras de infraestrutura.

Leia outras notícias em imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, Snapchat, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no YouTube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2383.

plantão i

    enquete

    PARTICIPE

    Você acredita em uma estabilidade econômica a curto prazo?

    PARTICIPAR VER PARCIAL

    redes sociais