Não engrena

Irregularidade na temporada prejudica ascensão do Sampaio

  •  

Time, que segue “estacionado” na tabela da Série B, não consegue emplacar sequência de vitória no Brasileiro

0
Roberto Fonseca teve um início bom no Sampaio, mas o time voltou a oscilar
Roberto Fonseca teve um início bom no Sampaio, mas o time voltou a oscilar

SÃO LUÍS – Irregularidade. Essa é a palavra que marca a campanha do Sampaio Corrêa nesta Série B. O time, que começou a competição treinado por Francisco Diá, mudou de comando com a chegada de Roberto Fonseca e, mesmo assim, não consegue emplacar uma boa sequência boa na competição. Nem mesmo com as chances que teve de fazer duas partidas seguidas em casa a equipe soube aproveitar para conseguir dois resultados positivos. Nem no Estadual a Bolívia Querida conseguiu emplacar duas vitórias seguidas.

Nas únicas três vezes que conseguiu duas vitórias seguidas na temporada o Sampaio atuava por competições diferentes. Ainda no começo do ano, o Tricolor estreou no Maranhense vencendo o Bacabal e, logo em seguida, bateu o Independente Tucuruí pela Copa do Brasil. A outra sequência de dois triunfos foi com a Copa do Nordeste, quando o time bateu o Salgueiro e o Santa Quitéria logo depois pelo Estadual. Inclusive, essas duas vitórias se somaram a uma terceira, sobre o Ceará, também pelo Nordestão, na melhor sequência da equipe no ano, com três vitórias consecutivas.

Daí em diante, seguiu-se uma longa jornada de vitórias, derrotas e empates até a chegada de Roberto Fonseca, que estreou vencendo o Vitória por 3 x 0 na Copa do Nordeste e o Brasil de Pelotas, por 2 x 1, pela Série B. Mas, esse embalo parou por aí e o time voltou a oscilar. Novamente com empates, derrotas e vitórias.

Com o revés, por 1 x 0, para o Figueirense na última rodada do Brasileiro, o Sampaio estacionou na 12ª colocação, com 14 pontos e voltou a flertar com as posições da zona perigosa da tabela. “Faltou um pouco mais de concentração ali na frente. Nós estávamos criando, mas chegava na última bola ali a gente errava. Mesmo com um a mais nós não sabemos explorar essa vantagem”, comentou o meia Danielzinho logo depois da derrota para o time de Santa Catarina.

Como o Sampaio agora só volta a campo pelo Brasileiro no sábado (23), para duelar com o Atlético (GO), pela 12ª rodada, o foco agora é a Copa do Nordeste, já que o Tricolor vai duelar com o ABC pelas semifinais da competição regional. “Já temos a Copa do Nordeste pela frente. Temos um duelo difícil contra o ABC e precisamos fazer um bom jogo em casa para levar uma vantagem para o jogo de volta. Vamos precisar muito do apoio de nossa torcida”, comentou o zagueiro Joécio.

Para este confronto, o técnico Roberto Fonseca contará com a as voltas de João Paulo e Alvinho, que estão recuperação de lesão muscular. Fernando Sobral, que não jogou diante do Figueirense por suspensão, também deve voltar ao time titular.

A partida diante do ABC será realizada nesta terça-feira, no Castelão, e começa às 21h45.

Mais – Ingressos

Os ingressos para a partida Sampaio x ABC começam a ser vendidos nesta quinta-feira (14), na Loja O Torcedor – Rio Anil Shopping e Shopping da Ilha, e Degraus – Rua Grande. Na sexta-feira, nas bilheterias abertas no Castelão e Nhozinho Santos. Os valores são: Setor 1: inteira 20 reais/10 reais meia / Setor 2: inteira 20 reais/ 10 reais meia, ou 10 + 1kg de alimento / Setor 3: inteira 30 reais/15 reais meia / Setor 4: inteira 40 reais/20 reais meia / Setor 5 (visitante): inteira 30 reais/15 reais meia / Setor 6 será aberto somente se esgotar os outros setores. Cadeira coberta: Inteira 50 reais /25 reais meia.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.