Comércio ilegal

Preso envolvido com venda de anabolizantes

  •  
  •  

Lázaro Menezes integrava quadrilha que vendia medicamento veterinário ilegalmente

0
Preso envolvido com venda de anabolizantes

SÃO LUÍS - Mais um integrante da quadrilha acusada de vender medicamento veterinário ilegalmente, como anabolizante e suplemento alimentar em Barra do Corda, identificado como Lázaro Menezes Costa, de 41 anos, foi levado ontem para a unidade prisional desse município onde vai ficar à disposição do Poder Judiciário.

O delegado Renilto Ferreira, da regional de Barra do Corda, declarou que o criminoso foi preso na tarde de segunda-feira, 11, em cumprimento a uma ordem judicial expedida pela 1ª Vara Criminal de Barra do Corda. Ele vai responder pelos crimes falsificação, adulteração ou alteração de produtos destinados a fins terapêuticos ou medicinais.

Ainda segundo o delegado, na sexta-feira, 8, foram presos dois envolvidos nesse esquema criminoso, identificados como Thiago dos Reis Sousa e Patrícia Luana da Conceição. Com eles a polícia apreendeu medicamentos de uso veterinário, seringas, agulhas e uma certa quantia de cocaína.

O delegado explicou que começou a investigar esse esquema criminoso depois que várias pessoas procuraram a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barra do Corda apresentando o quadro de febre, dores no corpo, entre outros sintomas. Elas havia ingerido “produtos anabolizantes” comprados desses criminosos e durante a investigação ficou constatado que o grupo estava aplicando “bombas” nas pessoas para o crescimento muscular. Essa ação era feita na residência dos criminosos, no centro da cidade.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.