Benefícios

Projeto Luzes de Alcântara tem lançamento

  •  
  •  

Projeto promoverá a modernização do sistema de iluminação das áreas urbanas e do centro histórico

0

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a Companhia de Energia Elétrica do Maranhão (Cemar) e a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) se uniram para concretizar o Projeto de Modernização do Sistema de Iluminação do Centro Histórico e área Urbana do Município de Alcântara, também conhecido como Projeto Luzes de Alcântara. O evento do lançamento do Projeto Luzes de Alcântara aconteceu ontem, 16, na sede do Iphan – MA, na Rua do Giz, no Centro Histórico de São Luís.

O projeto vai beneficiar diferentes áreas da cidade, promovendo uma melhor e mais econômica iluminação, acarretando melhoria nos níveis de segurança da própria população e dos milhares de turistas que visitam Alcântara anualmente.

De acordo com o superintendente do Iphan, Maurício Itapary, o projeto visa à eficiência energética de toda a iluminação pública da pequena cidade histórica. Itapary disse que a iluminação artística de alguns prédios e monumentos também serão beneficiados, a exemplo da Igreja de Nossa Senhora do Carmo. A modernização da igreja é o startup do projeto, que será entregue à população de Alcântara no sábado, 19, às 19h. A inauguração da iluminação terá apresentação com as caixeiras do Divino.

A iluminação atual será substituída por uma iluminação de LED, a mais conveniente, segundo estudo feito pelos órgãos parceiros antes de darem início ao projeto de mudança e de modernização. O investimento foi de 1,2 milhão e haverá uma redução de 54% do valor anual pago pela prefeitura na iluminação público. Além da Igreja do Carmo, o Pelourinho, a Igreja dos Sinos e vários outros pontos turísticos serão beneficiados também. A conclusão do projeto tem prazo de conclusão para agosto deste ano.

Além dos benefícios para a população e para os turistas, haverá, ainda, grandes benefícios econômicos para a administração pública, mantendo a característica histórica de Alcântara. “O foco do projeto é reduzir a demanda do município e prevemos que haverá um redução dos gastos, e isto impacta da melhor maneira possível na Prefeitura, porque desta forma – reduzindo a demanda do município – os valores que a cidade precisa arcar com a iluminação pública também serão reduzidos e, consequentemente, ficará mais fácil para que o município se mantenha adimplente com a Cemar”, frisou o engenheiro de eficiência da Cemar, William Melo, no evento de lançamento do projeto.

SAIBA MAIS

Alcântara
A cidade histórica de Alcântara cerceada de religiosidade e tradições, fica localizada entre as baías de São Marcos e Pericumã, há 30 km de São Luís, e foi alçada ao posto de Cidade Monumental Nacional pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHA) em 1948, sendo dividida em áreas de conservação e preservação rigorosa.

Proposta
Modernizar o sistema de iluminação pública com a introdução de tecnologias mais eficientes, visando à redução do consumo e da demanda de energia elétrica no horário de ponta do sistema elétrico.

Benefícios
- Redução da conta de energia elétrica do Município, proporcionadas ela instalação de lâmpadas e reatores de menor potência e maior eficiência.
- O nível de iluminação aumentará, acarretando uma sensível melhoria nos níveis de segurança.
- Padronização do sistema de Iluminação Pública, dessa forma facilitando gerenciamento, e racionalizando o processo de aquisição de novos equipamentos de reposição.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.