Realeza britânica

Reviravolta: pai de Meghan irá a casamento se médicos autorizarem

  •  

Thomas Markle disse que está internado, após sofrer um infarto na semana passada, mas espera ter alta nesta quarta-feira,16

0
Reviravolta: pai de Meghan irá a   casamento se médicos autorizarem

NOVA YORK - O pai da atriz Meghan Markle disse que está pressionando os médicos que o atendem para obter autorização para comparecer ao casamento da filha com o príncipe Harry no próximo sábado na Inglaterra, informou o site de celebridades TMZ ontem. Thomas Markle contou que foi hospitalizado novamente após sofrer um infarto na semana passada, mas que espera ter alta nesta quarta-feira.

"Odeio a ideia de perder um dos maiores momentos da História e levar minha filha ao altar", disse. Se os médicos o autorizarem, ele voará para a Inglaterra para participar do casamento no sábado, no Castelo de Windsor.

Segundo o pai de Meghan, ele perdeu uma ligação da filha na segunda-feira, 14, mas logo em seguida recebeu uma mensagem por escrito em que ela dizia que o amava e que estava preocupada com sua saúde. O site TMZ não especificou se Thomas estava no México ou nos Estados Unidos.

O Palácio de Kesington, residência oficial dos príncipes William e Harry, informou na segunda-feira que Meghan estava enfrentando um momento delicado, sem detalhar se o pai compareceria ou não à cerimônia.

O anúncio ocorreu em meio à polêmica despertada após Thomas ter aceitado posar para um fotógrafo olhando fotos da filha com Harry, lendo um livro sobre o Reino Unido, tirando medidas para um terno.

Em declarações para o TMZ, Thomas Markle disse que a filha não ficou chateada e tampouco que a rainha Elizabeth tenha se incomodado com isso. "Não creio que a rainha perca tempo pensando no que estou fazendo".

Mas rumores no Reino Unido diziam que o contato com o fotógrafo teria causado desconforto entre a realeza. E levantou as especulações sobre quem poderia substituí-lo para acompanhar a atriz rumo ao altar. A imprensa britânica apostou na mãe da noiva, Doria Ragland ou em um membro da família real. Também não descartaram a hipótese de a americana cruzar o corredor da Capela de Saint George sozinha, em direção ao futuro marido. Não há comentário oficial a respeito. Mas o futuro sogro, o príncipe Charles, também está cotado na mídia mundial.

Tudo depende agora depende da decisão de Thomas e, segundo ele, de seus médicos. A outra filha, Samantha, reconheceu ser responsável pelo contrato com o fotógrafo, mas ressaltou que a motivação não foi dinheiro. Ela confirmou o ataque cardíaco do pai e ressaltou que Thomas tem sido submetido a "inacreditável pressão" da imprensa.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.