Desfalque

Réver é vetado pelo DM do Flamengo e não pega o Emelec

  •  

O zagueiro apresentou um edema ósseo no tornozelo direito e o defensor está vetado para o choque contra os equatorianos; a tendência é que Rhodolfo e Juan formem a zaga titular no choque no Equador

0
 Com lesão grave, Rever não pega o Emelec pela segunda rodada da Libertadores
Com lesão grave, Rever não pega o Emelec pela segunda rodada da Libertadores (Foto: Divulgação)

Rio de Janeiro (RJ) - O técnico Paulo César Carpegiani recebeu uma notícia ruim na manhã desta segunda-feira, quando dirigiu um treino no Ninho do Urubu já de olho no duelo da próxima quarta-feira diante do Emelec, às 21h45(de Brasília), no Estádio George Capwell, em Guayaquil, no Equador, pela segunda rodada do Grupo 4 da Copa Libertadores. O exame realizado pelo zagueiro Réver apresentou um edema ósseo no tornozelo direito e o defensor está vetado para o choque contra os equatorianos.

Réver já vinha fazendo tratamento, chegou a retornar aos treinos na sexta-feira, porém, ainda sentia dores. Isso levou o departamento médico a realizar novos exames. O jogador agora segue em tratamento, mas sem previsão de retorno.

Sem Réver, a tendência é que Rhodolfo e Juan formem a zaga titular no choque no Equador, porém, quando o treino do Flamengo foi liberado para a imprensa Léo Duarte estava ao lado de Juan no setor. Outra novidade diante dos olhos dos repórteres, mas que não deve se confirmar no começo do jogo de quarta-feira, foi a entrada do meia Vinícius Junior na vaga de Éverton Ribeiro. Rodinei e Renê permanecem nas laterais.

A possibilidade de o volante Willian Arão ser titular, que foi ventilada após o jogador ter boa atuação na derrota de 1 x 0 para o Macaé pela Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, não parece ser real. No treino, Jonas continua na vaga do colombiano Gustavo Cuéllar, que cumpre o segundo jogo de suspensão por conta de sua expulsão na final da Copa Sul-Americana do ano passado contra o Independiente da Argentina.

Outro problema para Carpegiani é a ausência de Felipe Vizeu, que pediu para não viajar ao Equador por causa de problemas particulares. O jovem Lincoln foi relacionado para a viagem e será opção no banco de reservas.

Pelo que se tem visto na temporada de Carpegiani, o Flamengo vai a campo nesta quarta-feira com a seguinte escalação: Diego Alves, Rodinei, Juan, Rhodolfo e René; Jonas, Diego, Lucas Paquetá, Éverton Ribeiro e Everton; Henrique Dourado.

Após a atividade desta manhã a delegação do Flamengo embarcou para o Equador. O Rubro-Negro soma um ponto no Grupo 4 e precisa vencer depois de ter tropeçado na estreia, quando não conseguiu mais do que um empate por 2 x 2 em casa diante do River Plate da Argentina.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.