Improbidade

Hildo Rocha denuncia Duarte Júnior ao MP por improbidade

  •  
  •  

Duarte Júnior utilizou a estrutura do Procon - fiscais e agentes fardados -, para protesto com vaias em ato político contra o parlamentar durante inauguração de obra

0
Duarte Júnior foi denunciado por ato de improbidade administrativa
Duarte Júnior foi denunciado por ato de improbidade administrativa (Foto: Arquivo)

O deputado federal Hildo Rocha (MDB) formulou ontem uma denúncia de improbidade administrativa contra o presidente do Procon no Maranhão, Duarte Júnior, depois de ele protagonizar episódio lamentável durante a inauguração de trecho de obra de duplicação da BR-135, ao lado de membros do primeiro escalão do Governo Flávio Dino (PCdoB), funcionários do Procon e militantes políticos.

Duarte Júnior engrossou um coro de vaias e protestos contra o parlamentar no ato da inauguração, em que estavam presentes três ministros do Governo Michel Temer (MDB), senadores da República, deputados federais, estaduais, prefeitos e vereadores.

Na ação, o emedebista aponta improbidade administrativa do titular do órgão, que levou funcionários do Procon para também protestar contra adversários políticos do chefe do Executivo Estadual que participaram do ato de entrega da duplicação da rodovia federal.

Para Hildo Rocha, como se tratava de um “evento político” – que começou por volta das 9h30 e estendeu-se até as 12h30 -, não havia justificativa para a presença dos fiscais do órgão no local. Todos “identificados com os coletes do Procon, em número de aproximadamente 23 a 25”.

Na ação, o parlamentar destaca, ainda, que o episódio envolvendo o órgão na BR-135 pode ser um prenúncio do uso da máquina estadual para fins eleitorais em 2018.

“As eleições se avizinham e os fatos noticiados denunciam, desde já, que a máquina do estado será, conforme ocorreu no caso presente, despudoradamente usada para finas eleitorais”, destaca o deputado.

A representação foi protocolada na Promotoria de Justiça da Comarca de Rosário, que foi o município onde ocorreu o fato.

Vaias – Durante a inauguração de obra na BR-135, Duarte Júnior e o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto (PCdoB), protagonizaram episódio vexatório.

Durante o discurso de Hildo Rocha, Duarte e Noleto xingaram o parlamentar.

O presidente do Procon utilizou palavras como “pinóquio” e “mentiroso”. Ao perceber que estava sendo filmado, na ocasião, ele direcionou-se para a câmera e afirmou “pode filmar, pode filmar”. As vaias de Duarte eram acompanhadas pelos funcionários do órgão, que estavam fardados.

Já Clayton Noleto, aparentemente irritado com as críticas de Hildo Rocha às condições das estradas estaduais do Maranhão, também reagiu: “Deixa de ser safado, rapaz”.

Rocha havia citado, no seu discurso, levantamento da Confederação Nacional do Transporte (CNT) – que analisa o estado geral das rodovias do país -, e que apontou o Maranhão como estado que detém a pior qualidade da malha rodoviária estadual do país.

Hildo repudiou a postura de Duarte, e agora espera por um posicionamento do Ministério Público.

Saiba Mais

O Estado entrou em contato com a Secretaria de Comunicação e Assuntos Políticos do Governo do Maranhão às 16h40 de ontem para pedir um posicionamento oficial sobre a situação do presidente do Procon, Duarte Júnior. Até o fechamento desta edição, contudo, não houve resposta.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.