Carnaval 2018

Cortejo carnavalesco pelas ruas do Centro Histórico

  •  

Bloco os Foliões celebram neste domingo, os 15 anos do Dia do Caçador com um baile a fantasia que percorrerá vias do Centro, a partir das 16h com concentração na Rua das Crioulas

0
Bloco Os Foliões celebra o Dia do Caçador
Bloco Os Foliões celebra o Dia do Caçador (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - Um grande baile a fantasia vai marcar o Dia do Caçador, cortejo promovido há 15 anos pelo bloco tradicional Os Foliões. A festa será neste domingo, 14, pelas ruas do Centro Histórico, com concentração na Rua das Crioulas, às 16h. Batizado pelo fundador da agremiação, mestre Walmir, o Dia do Caçador é a primeira saída de rua do bloco que tem 42 anos de fundação e, desde 2003, realiza o evento, momento em que vai à caça de novas emoções, alegrias e folias.

A concentração será em frente à sede da entidade, a Casa de Cultura Mestre Walmir, na Rua das Crioulas. Seguirá pelo Largo de São Tiago, prosseguindo pela Rua do Passeio, com destino ao Largo do Codozinho, Praça da Saudade e Madre Deus. Ao longo do percurso, o bloco visitará residências e sedes de outras agremiações.

Os cantores Jotha Júnior, Ivan Coracinha e Tunay Moura serão acompanhados por intérpretes de outros blocos, numa grande confraternização cultural. No repertório músicas próprias do bloco e outros sucessos do Carnaval maranhense e clássicos do cancioneiro nacional.

A exemplo dos anos anteriores, são esperadas fantasias criativas com bastante humor e irreverência. Não faltarão a tradicional valsa, comemorando os 15 anos do cortejo; a batucada típica do samba de rua de São Luís e muitos outros ritmos maranhenses. Haverá prêmios para as fantasias mais criativas e homenagens, como ao carnavalesco Darlan Sousa.

Carnaval

Este ano o Dia do Caçador traz como tema “Uma Noite na Amazônia”, fazendo alusão ao enredo do bloco deste ano, que homenageia à cidade de Parintins e os bois bumbás Caprichoso e Garantido. Para o Carnaval 2018, Os Foliões defenderão o tema “É Foliões, É Caprichoso, É Garantido. Na Passarela, Vem Bumbar Comigo”, do carnavalesco e desenhista Dew Rodrigues, que retorna ao bloco após seis anos.

O repertório é assinado pelos compositores locais Godinho, Luzian Filho, Josias Filho, Gilvan Mocidade, Gigi Moreira, Wilzon Bozzó, José Pereira Godão, Luís Bulcão, César Nascimento, Mestre Walmir, entre outros, além dos parintinenses Hugo Levy, Adriani Aguiar, Chico da Silva,Ademar Azevedo e Mauricio Filho.

Ente as toadas amazonenses que foram adaptadas para a batida do bloco, estão “O Touro Negro e a Estrela Encantada”, “Povo Festeiro da Ilha”, “Os Camisas Encarnadas e Vermelho”. A harmonia ganhou adaptações para tornar o espetáculo o mais próximo possível do que acontece nas arenas, palcos e ruas por onde se apresentam os bois Garantido e Caprichoso.

Artistas de Parintins, Manaus (AM) e Porto Velho (RO) participarão das apresentações na capital maranhense. Bem como virão durante o ano de 2018 para desenvolver oficinas, cursos e outras ações, ao mesmo tempo em que o bloco Os Foliões se apresentará na terra do boi bumbá.

O Dia do Caçador integra a programação oficial do Carnaval 2018 e tem o apoio do Sindjus-MA, Ceuma, escola Flor do Samba, UFMA, Universidade FM, Associação Maranhense de Blocos Carnavalescos e Rede São Luís de Pontos de Cultura.

Serviço

O quê

Dia do Caçador, do bloco Os Foliões

Quando

Neste domingo, 14

Onde

Concentração na Rua das Crioulas e cortejo pelo Centro Histórico

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.