Saúde

Garanta mais equilíbrio na sua vida com a Modulação Hormonal

  •  

Quem não gosta de se manter sempre jovial, com um corpo bonito e mais saudável?

0
A falta do estrogênio na mulher favorece a depressão
A falta do estrogênio na mulher favorece a depressão (Foto: Divulgação)

A modulação hormonal é um tratamento à base de hormônios bioidênticos (iguais aos produzidos pelo corpo), aminoácidos, vitaminas e antioxidantes, receitados para que o corpo atinja um equilíbrio hormonal comparável ao da juventude plena, dos 18 aos 21 anos.

De acordo com o médico Ricardo Rocha, "Muitos pacientes são temerosos em usar hormônios, e optam por uma postura até certo ponto negligente, pois a falta de hormônios traz consequências tão desastrosas quanto o excesso dessas substâncias", explica.

Segundo a m,édica Eliza Reis, "sinais e sintomas tipo cansaço crônico, começar a engordar inexplicavelmente, acentuada queda de cabelo, pele muito ressecada, e o simples fato de você se olhar no espelho e se achar mais velha, tudo isso, pode ser causado por desequilíbrios hormonais", exalta a especialista.

O caminho para um tratamento que supere os resultados esperados é aliar a Modulação Hormonal com hábitos alimentares saudáveis e prática regular de exercícios físicos, segundo eles.

"A deficiência da testosterona no homem, por exemplo, está ligada ao aumento do risco de doenças cardiovasculares, depressão, perda cognitiva, perda da massa muscular, aumento de gordura corporal, diminuição da libido e ereção matinal", destaca Ricardo. "A falta do estrogênio na mulher favorece a depressão, perda de memória, perda da lubrificação vaginal, perda da libido, diminuição do brilho da pele e uma redistribuição de gordura corporal na barriga além de favorecer a osteoporose", destaca Eliza Reis. No tratamento hormonal do envelhecimento todas as deficiências hormonais devem ser avaliadas e se possível corrigidas.

"Cada fator acima age de maneira sinérgica, ou seja, cada fator potencializa o resultado do outro. Desta forma, o que torna importante sua junção para melhores resultados", finaliza Ricard Rocha.

Bases do tratamento:

- Reposição / modulação hormonal masculina e feminina com hormônios bioidênticos;
- Atividade física e esportiva de moderada intensidade;
- Reeducação alimentar de baixo índice glicêmico;
- Suplementação nutricional e desintoxicação.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.