Teatro

Fábulas em espetáculo teatral a ser apresentado nesta sexta-feira

  •  

Jean Marie Collin apresenta hoje, às 19h, o espetáculo “As Fábulas de Jean de La Fontaine”, que escreveu 150 fábulas

0
“As Fábulas de Jean de La Fontaine”será apresentado hoje
“As Fábulas de Jean de La Fontaine”será apresentado hoje (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS- “As Fábulas de Jean de La Fontaine” é o título do espetáculo a ser apresentado hoje, às 19h, na Casa de Cultura Huguenote Daniel de La Touche (Centro), pelo comediante Jean Marie Collin. O evento é uma homenagem ao autor francês nascido em 1621, em Château-Thierry, e que escreveu 150 fábulas.

“Eu escolhi algumas fábulas de Jean Marie Collin para apresentar, totalmente em francês”, disse Jean Marie Collin, citando fábulas como “A galinha dos ovos de ouro”, “O agricultor e seus filhos”, “O sapateiro e o financeiro”, “A leiteira e o pote de leite”, “O peixinho e o pescador”, “O lobo e o cachorro”, “A cigarra e a formiga”, “O gato, a doninha e o coelhinho”, entre outras. “A obra de Jean de La Fontaine nunca saiu de moda. Ele faz parte dos ensinamentos da França”, disse Jean Marie Collin.

Jean de La Fontaine era filho de um inspetor de águas e florestas, e nasceu na pequena localidade de Château-Thierry. Estudou teologia e direito em Paris, mas seu maior interesse sempre foi a literatura. Por desejo do pai, casou em 1647 com Marie Héricart. Embora o casamento nunca tenha sido feliz, o casal teve um filho, Charles. Em 1652, La Fontaine assumiu o cargo de seu pai, mas alguns anos depois se colocou a serviço do ministro das finanças Nicolas Fouquet, mecenas de vários artistas, a quem dedicou uma coletânea de poemas.

Ele escreveu o romance “Os Amores de Psique e Cupido” e tornou-se próximo dos escritores Molière e Racine. Com a queda do ministro Fouquet, La Fontaine tornou-se protegido da Duquesa de Bouillon e da Duquesa d'Orleans. Em 1668 foram publicadas as primeiras fábulas, num volume intitulado “Fábulas Escolhidas”. O livro era uma coletânea de 124 fábulas, dividida em seis partes. La Fontaine dedicou este livro ao filho do rei Luís XIV. As fábulas continham histórias de animais, magistralmente contadas, contendo um fundo moral. Escritas em linguagem simples e atraente, as fábulas de La Fontaine conquistaram leitores no mundo todo.

Serviço

O quê

“As Fábulas de Jean de La Fontaine”

Quando

Hoje, às 19h

Onde

Casa de Cultura Huguenote Daniel de La Touche (Centro)

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.