Memória

O canto do Carcará

  •  

O ponto alto da reabertura do Teatro Arthur Azevedo, na noite de amanhã, ás 20h, será a estréia de “João do Vale – O Musical”, dirigido pelo carioca Viniciús Arneiro

0
O canto do Carcará
João do Vale será homenageado em musical (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS- Um dos artistas mais emblemáticos da história da música maranhense será homenageado em um grande espetáculo, a ser apresentado amanhã à noite, para marcar a reabertura do Teatro Arthur Azevedo (Rua do Sol), às 20h. “João do Vale – O Musical” integra a programação alusiva aos 200 anos da casa e exaltará a trajetória do músico, compositor e cantor maranhense que conseguiu se destacar em nível nacional. A direção é de Vinícius Arneiro. A abertura, amanhã, será para convidados, mas o espetáculo continuará em cartaz nos dias 9, 10, 15, 16 e 17 deste mês.

O musical, ensaiado durante um ano e meio, conta com a participação de 40 pessoas, entre técnicos e atores. O personagem principal, João do Vale, será vivido pelo pedreiro Vicente Melo, um homem simples morador do bairro Lira e que desde a adolescência, dedica-se a escrever composições de músicas da cultura popular.

Melo já participou de diversos concursos, entre eles, os festivais de Música Popular de Pinheiro e o de Música Carnavalesca promovido pelo Grupo Mirante. Ele tem 90 composições, sendo 20 gravadas por artistas locais. Além dele, também estão no elenco Tiago Andrade (Zé Keti), Gisele Vasconcellos (Nara Leão), James Pierre (Zé Gonzaga), Juliana Cutrim (Dorinha), Marconi Rezende (Chico Buarque), Millena Mendonça (Domingas) e Victor Silper (Luiz Vieira).

A criação do musical incluiu viagens a Pedreiras, cidade natal de João do Vale, para coleta de depoimentos, fotos e recortes de jornal sobre o artista. O filho de João, Riva do Vale, e o neto, Gabriel do Vale, contribuíram com a pesquisa, registrada em vídeo-documentário, que também será apresentado, e que tem depoimentos de artistas como Maria Bethânia.

“Há 20 anos que o Teatro Arthur Azevedo não realizava um espetáculo de grande porte e conseguimos retomar esse trabalho. E o melhor, exaltando a história do maior compositor da história do Maranhão. É uma grande honra e satisfação para nós e convidamos o público a participar desse momento emocionante”, disse Celso Brandão, diretor do TAA.

Vicente Melo vai interpretar João do Vale no espetáculo (Foto: Divulgação)

Resultado

Segundo o diretor Vinícius Arneiro, o musical tem duração de aproximadamente 1 hora e 45 minutos. Ele disse que os atores deram o melhor de si e que foram meses de preparação para alcançar um ótimo resultado. “Todos são muito generosos e conseguimos fazer um bom trabalho. O musical terá vários momentos interessantes. Além da própria obra musical do homenageado, existe a questão da história de vida dele, o que será ressaltada no palco. Alguns números são bastante dramáticos”, adiantou Arneiro.

Autoridades, artistas, ex-diretores, escritores, personalidades da cidade e ex-funcionários do teatro estarão na plateia, mas antes visitarão a exposição em homenagem ao Teatro Arthur Azevedo, que reúne peças, objetos, gravuras e plantas da casa de espetáculo. O trabalho de pesquisa durou cerca de um ano e meio, com visitas a personalidades, buscas no acervo do teatro, viagem para o Rio de Janeiro para visitar a Biblioteca Nacional e outros espaços de cultura nacional. A curadoria da exposição é de Carolina Ramos, com a a ajuda dos pesquisadores Anderson Oliveira, Ângela Pereira e Magnólia Everton Costa.

Durante a visita à exposição, os convidados prestigiarão cópias da coleção de gravuras de Arthur Azevedo. Além disso, no camarim nº 1, onde em 1854 nasceu a atriz Apolônia Pinto, poderão ser vistas peças que retratam a vida da personalidade maranhense, tais como o livro “Apolônia Pinto e seu tempo”, de José Jansen.

A exposição ocupará diversos espaços do teatro, proporcionando um tour pela casa reformada. Ainda durante a exposição, será lançado o livro “Teatro Arthur Azevedo: 200 Anos”, com textos de personalidades maranhenses e nacionais, ex-diretores e funcionários, artistas, políticos e historiadores, além de engenheiros, professores de teatro, cantores, entre outros profissionais. No foyer, será lançada a coleção “Teatro”, que leva a assinatura da joalheria Rosa Rio, inspirada nos 200 anos do teatro.

Há 20 anos que o Teatro Arthur Azevedo não realizava um espetáculo de grande porte e conseguimos retomar esse trabalho. E o melhor, exaltando a história do maior compositor da história do Maranhão. É uma grande honra e satisfação para nós e convidamos o público a participar desse momento emocionante” Celso Brandão, diretor do TAA

Serviço

O quê

Espetáculo “João do Vale – O Musical”

Quando

Amanhã, às 20h

Onde

Teatro Arthur Azevedo (Rua do Sol)

Evento para convidados e nos outros dias os ingressos custam: R$ 60,00 (platéia e frisa), R$ 50,00 (camarote), R$ 40,00 (balcão) e R$ 30,00 (galeria).

Sessões

Dia 9 – 18h e 21h

Dia 10 – 19h

Dia 15 – 21h

Dia 16 – 18h e 21h

Dia 17 – 19h

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.