Decisão

Timon e Bacabal decidem vaga na elite do Campeonato Estadual

  •  

Por ter vencido o jogo de ida por 3 x 1, o Leão joga pelo empate na partida de hoje, que será realizada no Estádio Miguel Lima, em Timon

0
O Bacabal venceu por 3 x 1 no primeiro
O Bacabal venceu por 3 x 1 no primeiro (Foto: Divulgação)

Timon e Bacabal decidem uma vaga a na Série A do Campeonato Maranhense, hoje, à tarde, no Estádio Miguel Lima, em Timon. Por ter vencido o jogo de ida na noite de sábado, no Estádio Correão por 3 x 1, o Leão joga pelo empate, pois de acordo com o regulamento da Série B local não há o gol qualificado.

De acordo com o regulamento da Segundinha, não há vantagem quanto ao saldo de gols entre os jogos, o chamado "placar agregado". Assim, a igualdade é apenas por pontos. Como o Timon tem melhor campanha, além de jogar a segunda partida em casa, joga também por uma vitória simples, mesmo tendo perdido por dois gols de diferença no primeiro jogo. Isso significa que o Timon precisa vencer por qualquer placar para ser campeão, enquanto o Bacabal joga pelo empate por ter vencido o primeiro confronto.

Os gols do Bacabal foram marcados pelo meia Elton (19 minutos do primeiro tempo e nove minutos do segundo tempo) e o atacante Cris (43 minutos do segundo tempo). O zagueiro Wanderson diminuiu para o Timon, aos 31 minutos do primeiro tempo.

Em julgamento realizado na semana passada, pela comissão disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Maranhão, o Bacabal foi punido com a perda de seis pontos e multa de R$ 300,00 por escalação irregular de jogador na Série B do Maranhense. Com isso, o BEC, que jogaria com vantagens na final da Segundinha, perdeu o benefício por menor pontuação que o Timon.

A equipe bacabalense utilizou um jogador a mais que o permito para atletas nascidos antes de 1994 na primeira partida da fase de grupos da competição. Como o Bacabal já havia ficado em segundo no grupo e não houve eliminações nessa parte da competição, não houve alteração nenhum nos emparelhamentos já ocorridos na Segundinha.

O Expressinho chegou a denunciar o BEC alegando que o Leão também teria utilizado atletas irregulares nas semifinais, mas o TJD-MA arquivou o caso. A Federação Maranhense de Futebol disse que aguardará o Bacabal se pronunciar se irá recorrer para marcar as datas da final da competição.

Apenas o campeão da Segundinha garante vaga na elite do Maranhense no próximo ano. A estreia será contra o Sampaio, no dia 21 de janeiro, provavelmente no Castelão.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.