Via perigosa

População exige obra e interdita Avenida Nossa Senhora da Vitória

  •  

Na via, faltam faixas de pedestres, semáforos, quebra-molas e redutor de velocidade; mulher foi atropelada em parada

0
População exige obra  e interdita Avenida Nossa Senhora da Vitória
Moradores interditaram a avenida em vários pontos para reivindicar sinalização horizontal e vertical (Foto: Paulo Soares / O Estado)

Por causa dos constantes casos de acidentes de trânsito na Avenida Nossa Senhora da Vitória, em São José de Ribamar, consequência da falta de faixas de pedestres, semáforos, quebra-molas e redutor de velocidade, moradores dos bairros Residencial Canudos e Parque Vitória realizaram uma manifestação na manhã de ontem e interditaram trechos da via com entulhos e utilizando cartazes exigiam do Município uma obra emergencial e o apoio de guardas para controlar o fluxo de veículos.

Na quinta-feira, 9, duas mulheres que estavam em um ponto de ônibus na Avenida Nossa Senhora da Vitória foram atingidas por um carro que, segundo testemunhas, trefegava em alta velocidade. A diarista Terezinha de Jesus Pereira de Souza, de 51 anos, foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos, e morreu em uma Unidade de Pronto Atendimento.

Muito abalado, o filho da vítima Marcos Vinícius, de 20 anos, participava do protesto e clamava por justiça. “Minha mãe estava esperando um ônibus para ir trabalhar. Um veículo desgovernado invadiu o ponto, atropelou e arrastou ela. Isso, por falta de um redutor de velocidade aqui e descuido do motorista que estava brigando com alguém dentro do veículo. Ele foi detido por testemunhas e em seguida preso, mas pagou fiança e foi liberado. Eu que fiquei sem minha mãe e nada vai trazê-la de volta. Quero justiça”, contou, indignado.

Durante o ato popular, O Estado flagrou um motorista que ultrapassou umas das barreiras do protesto. A Polícia Militar ainda tentou autuá-lo, mas ele não foi mais encontrado.

Um dos organizadores do movimento Jamys Gualhado, de 32 anos, reclamou do abandono do poder público com a via. “Aqui está ocorrendo muitos acidentes por falta de sinalização, tanto vertical, como horizontal. Pintaram uma faixa em um local que tem um baixo fluxo de veículos. Já numa área com muitos carros, não há sinalização. Reivindicamos também a construção de abrigos nos pontos de ônibus. Um cidade com aproximadamente 70 mil habitantes só tem uma parada com abrigo” reivindicou.

Outro trecho interditado (Foto: Paulo Soares / O Estado)

O secretário adjunto da Secretaria Municipal de Transporte Coletivo, Trânsito e Defesa Social de São José de Ribamar (Semtrans), capitão Edilson de Sousa Santos, disse a O Estado o que será feito de imediato para solucionar os problemas na Avenida Nossa Senhora da Vitória. “A via pertence ao município e está sob intervenção do Governo do Estado. No momento, vamos deslocar guardas da Semtrans para controlar o fluxo de veículos em toda extensão da avenida, principalmente nos pontos mais críticos. Em seguida, vamos conversar com o Secretário de Infraestrutura do Estado para saber o que pode ser executado na via”, explicou Santos.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.