Brasileirão

Corinthians inicia semana com treino leve e dois titulares

  •  
  •  

Como de costume, os atletas que iniciaram o duelo do fim de semana não foram a campo, permanecendo apenas na academia

0
Jô, suspenso na partida passada, foi a campo no treino de ontem
Jô, suspenso na partida passada, foi a campo no treino de ontem (Foto: Divulgação/Corinthians )

São Paulo - O Corinthians iniciou os trabalhos da semana em que pode garantir o título de campeão brasileiro de 2017. Ontem, o elenco se reapresentou no CT Joaquim Grava, após vencer o Avaí no sábado e folgar no domingo. Como de costume, os atletas que iniciaram o duelo do fim de semana não foram a campo, permanecendo apenas na academia, realizando trabalhos regenerativos. No gramado, os reservas e os jogadores que entraram no decorrer da partida contra os catarinenses.

Em relação ao time que deve entrar em campo na quarta-feira, contra o Fluminense, podendo confirmar a conquista, apenas dois titulares estiveram na atividade comandada por Fábio Carille e seus auxiliares. O atacante Jô, que cumpriu suspensão sábado, e o zagueiro Pedro Henrique, que deve substituir o paraguaio Balbuena, suspenso, na quarta.

No gramado, o treino também foi leve, com duas equipes divididas em campo reduzido. Na outra metade do campo, o jovem meio-campista Guilherme Mantuan fez trabalho separado. Ele sentiu problema na coxa durante a última semana, e começa a fazer a transição para as atividades com bola.

Em outro campo do CT, o preparador de goleiros Mauri Lima fez trabalho com os arqueiros disponíveis. Sem Cássio, com a Seleção Brasileira, Walter, machucado, e Matheus Vidotto, afastado por indisciplina, três atletas participaram do treino: Caíque, que enfrentou o Avaí e deve atuar contra o Flu, além dos jovens Filipe e Luan, das categorias de base corintianas.

KAZIM ELOGIA JÔ

O atacante Kazim foi o herói da vitória do Corinthians sobre o Avaí por 1 a 0, marcando o gol que garantiu o triunfo e aproximou ainda mais o Timão do título nacional. Reserva do artilheiro Jô, que não vem abrindo espaço por conta das boas atuações, o inglês naturalizado turco fez questão de agradecer os companheiros de elenco.

“O Jô joga muito, eu preciso esperar minha oportunidade. Meus companheiros dão muita confiança, o treinador também. E no jogo a torcida também me apoiou muito”, destacou o camisa 18, em coletiva concedida no CT Joaquim Grava, nesta segunda-feira.

Contestado antes da partida por conta das atuações irregulares e por não ter marcado gols no Brasileiro até o jogo de sábado, Kazim mostrou tranquilidade e citou sua experiência no futebol para explicar a calma, mesmo em momentos ruins.

“Futebol é assim. Tenho 31 anos, já fui mal, já fui bem. No momento do gol contra o Avaí, fiquei emocionado, orgulhoso por fazer o gol na frente da torcida”, enfatizou o atacante, que voltará ao banco no jogo contra o Fluminense, já que o titular Jô volta de suspensão imposta pelo STJD.

Com 68 pontos e dependendo de vitória simples na quarta para levantar a taça de campeão, o Timão volta aos treinos, para encerrar a preparação, nesta terça-feira, à tarde. O duelo contra os cariocas acontece na quarta, em Itaquera, às 21h45 (de Brasília).

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.