Edição Digital

Polícia | Barbárie

Empresário morre após passar mal no “gaiolão” de delegacia

Fato ocorreu em Barra do Corda; familiares acusam a Polícia Civil de negligência, já que a vítima passou de domingo até segunda-feira
Ismael Araujo12/10/2017

Moradores, revoltados, realizaram ontem uma manifestação na porta da Delegacia Regional de Barra do Corda, solicitando informações sobre a morte do empresário Francisco Edine Lima Silva, o Edinei da Aluvidro, de 43 anos, após passar mal no “gaiolão” daquela delegacia. Os manifestantes denunciaram negligência por parte dos policiais civis, que não atenderam aos apelos dos familiares da vítima.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.