Homenagens

Dia dos Pais também será de homenagens na Igreja Católica

  •  
  •  

Atividades serão realizadas pela Pastoral da Família; data também faz referência à figura de José e a importância dele na vida de Jesus Cristo

0
Dia dos Pais será lembrado em missa na Catedral Metropolitana  (Igreja da Sé)
Dia dos Pais será lembrado em missa na Catedral Metropolitana (Igreja da Sé) (Foto: Flora Dolores / O ESTADO)

SÃO LUÍS - Em São Luís, diversas paróquias realizarão missas especiais em homenagem ao Dia dos Pais, comemorado neste domingo. As atividades também fazem alusão à figura paterna representada por São José, pai adotivo de Jesus Cristo.

As atividades serão organizadas pela pastoral da família, tendo em vista o fato de que uma das missões da igreja é contribuir para o fortalecimento dos laços familiares. Nessa perspectiva, a figura do pai, como sendo o responsável por dar o provento e a sustentação ao seio familiar, será a grande homenageada.

Importância - De acordo com dom José Belisário, arcebispo de São Luís, o mês de agosto é o mês das vocações e cada semana terá um fogo. A segunda semana está sendo dedicada especialmente à família, ressaltando a figura paterna que será homenageada neste domingo.

Dom Belisário também lembrou como foi a vida de José, pai de Jesus, na terra, ressaltando a importância da sua figura e o exemplo a ser seguido por todos. “José era silencioso. A referência que se tem é de uma pessoa discreta e corajosa nos momentos decisivos”, destacou dom Belisário.

O arcebispo de São Luís também fez referência ao fato de José ter sido o guia de Maria e do recém nascido menino Jesus durante a fuga para o Egito. “A tradição ver José como o provedor que nos ajuda a passar pelos momentos mais difíceis. A figura de José é importante nesse sentido”, disse.

A mesma opinião foi compartilhada pelo padre Cláudio Roberto Santos Cruz, reitor do Santuário de São José de Ribamar, localizado na Região Metropolitana de São Luís. “Deus deu três missões para José: cuidar do seu filho Jesus, cuidar de Maria e cuidar de si mesmo. Simboliza todo o cuidado que ele vai ter com a casa de Nazaré”, afirmou o pároco solidário.

Ele afirmou também que a figura de José é importante dentro da família, mesmo com pouco destaque nas passagens bíblicas. “Deus não escolheu apenas a mãe, mas também o pai. Jesus nasceu em um santuário onde José era o grande cuidador”, frisou o padre Cláudio Roberto.

Os cemitérios da região metropolitana também devem receber um volume maior de visitantes neste domingo. Muitas pessoas levarão flores e farão outras homenagens nos túmulos dos seus pais como forma de recordação do ente querido que já não está mais presente fisicamente no seio da família.

SAIBA MAIS

O Santuário de São José de Ribamar também está se preparando para o grande festejo do padroeiro do Maranhão, que este ano acontecerá entre os dias 1 e 10 de setembro. O tema deste ano é: “José, artesão da fé, esposo de Maria, a mãe do salvador”. A temática faz referência ao homem silencioso e trabalhador como José foi, que enfrentou muitas dificuldades para cuidar de Jesus e Maria, guardando viva a sua fé e esperança em Deus. Nos dias que antecedem o festejo de São José de Ribamar, a comunidade católica está se preparando ao longo das atividades que fazem parte do pré-festejo, que incluem peregrinações, vigílias, missas e outras ações.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.