Edição Digital

Vida | Aleitamento

Volta ao trabalho pode prejudicar amamentação exclusiva

Segundo pesquisadora, os desafios de se manter amamentando após a licença maternidade são maiores com a nova legislação trabalhista
05/08/2017

Brasília - No Brasil, a licença maternidade é de 4 meses, podendo, em alguns lugares, chegar a seis, que é o tempo, segundo a Organização Mundial de Saúde, que o bebê precisa de amamentação exclusiva.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.