Rivalidade

Moto “respira” na Série C ao bater o rival Sampaio em Superclássico

  •  

Papão, que deixou a zona de rebaixamento do Grupo A, agora terá mais um jogo em São Luís para reafirmar sua reação; Tricolor, que segue no G-4, terá que reagir fora de casa na próxima rodada

0
Volante Felipe Dias, autor do gol do Moto, se prepara para bater lateral e o técnico do Sampaio demostra desanimo durante o Superclássico
Volante Felipe Dias, autor do gol do Moto, se prepara para bater lateral e o técnico do Sampaio demostra desanimo durante o Superclássico (Foto: Biné Morais / O ESTADO)

SÃO LUÍS – Apesar de viver momento pior na competição, o Moto superou o rival Sampaio, por 1 x 0, em duelo realizado, sábado (15), no estádio Castelão, e deixou a zona de rebaixamento do Grupo A da Série C do Brasileiro. Com o triunfo, o Papão chegou aos 11 pontos e deixou a degola. Já o Tricolor, que esperar encostar na liderança, permanece do G-4 da chave, com 15 pontos. O gol da vitória foi marcado pelo volante Felipe Dias.

Na próxima rodada, o Moto enfrenta o Salgueiro (PE), às 16h, do sábado (22), no Estádio Castelão, e completa sua terceira partida seguida em São Luís. Já o Sampaio Corrêa encara o líder CSA (AL) no próximo domingo (23), às 16h, no Estádio Rei Pelé, em Maceió.

Em uma semana de muitos questionamentos a respeito da qualidade da equipe, a diretoria do Moto Club apresentou quatro reforços – Danillo Balla, Rone, André Penalva e Daniel Barros -, e ainda trouxe o ídolo Jack Jones para ser auxiliar-técnico do interino Marcinho, que segue no comanda da equipe, para tentar acalmar os ânimos, mas só uma vitória sobre o maior rival seria mesmo o antídoto para melhor o clima no CT Pereira do Santos, e ela veio.

“Essa galera está de parabéns. Do outro lado falaram muita besteira. Quem está na chibata são eles. Agora é mais uma semana de trabalho e nossa torcida tem que vir, porque estão dando a volta por cima. Temos que pontuar. Isso estamos fazendo”, comentou o técnico Marcinho, após a vitória, em entrevista ao Globoesporte.

E, como joga mais uma partida no Castelão, o técnico sabe da importância do apoio da torcida para a equipe manter a reação e poder sonha com algo maior na competição. Já que, se vencer a terceira partida seguida em São Luís, o Papão se aproxima do G-4.

Agora o Papão vai iniciar mais uma semana de trabalho para se preparar para o próximo compromisso no Brasileiro. Os reforços já devem estar à disposição para a próxima partida.

Sampaio tem ascensão freada

Em situação confortável na tabela, na segunda colocação, o Sampaio entrou em campo para o clássico com uma derrota em 10 jogos, porém o desempenho no foi mesmo dos outros jogos. A prova disso foram as lamentações após o revés.

“Tem dia que a bola bate em mim e entra, mas hoje não consegui. Tive três oportunidades, não acertei e agora é manter a cabeça erguida. O campeonato ainda não acabou e temos mais uma série de jogos”, comentou o atacante Isac, que um dos goleadores da equipe, em entrevista ao Globoesporte.

Já o técnico Francisco Diá, apesar de mostrar abatimento, apenas lamentou o gol do rival. “O adversário em uma bola fez o gol. Abriu a vantagem em um jogo disputado”, disse.

Em sua reapresentação o Sampaio terá a opção de incluir os seus reforços, o zagueiro Odair Lucas e o lateral Jefferson Recife, na equipe. O dois já têm suas situações regularizadas.

CLASSIFICAÇÃO SÉRIE C

Grupo A

Pos Time PG JG

1 CSA-AL 19 10

2 Sampaio Corrêa-MA 15 10

3 Fortaleza-CE 14 9

4 Botafogo-PB 14 9

5 Remo-PA 12 9

6 Salgueiro-PE 11 10

7 Moto Club-MA 11 10

8 ASA-AL 11 10

9 Confiança-SE 10 10

10 Cuiabá-MT 10 9

PRÓXIMOS JOGOS

21/07/

21h - Botafogo-PB x Fortaleza-CE

22/07/

16h - Moto Club-MA x Salgueiro-PE

23/07/2017

16h - CSA-AL x Sampaio-MA

24/07/2017

16h - Confiança-SE x Cuiabá-MT

20h30 - Remo-PA x ASA-AL

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.