Debate

Igreja debate o perfil da atual geração de jovens

  •  

Congresso realizado pela Igreja Assembleia de Deus teve como foco a juventude; o objetivo do evento é preparar a fé do jovem de hoje, apesar dos desafios do mundo contemporâneo

0
Congresso teve como foco os desafios da juventude
Congresso teve como foco os desafios da juventude (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - Fiéis da Assembleia de Deus em São Luís se reuniram durante o 10º Congresso de Mocidade da Assembleia de Deus em São Luís (ComadeSL). O evento organizado pela União de Mocidade da Assembleia de Deus (UmadeSL) teve como tema “O perfil da geração do centenário”, pois a igreja está se preparando para comemorar seu primeiro século de evangelização, que será celebrado em 2025. O objetivo do congresso é entender quem é o jovem atual e pensar em formas de livrá-lo as armadilhas da sociedade.

O ComadeSL aconteceu de 12 a 15 deste mês no Ginásio Castelinho. Segundo o coordenador do evento, pastor Enos Ferreira, é preciso preparar o jovem de hoje para manter sua fé diante dos desafios da atualidade. “Hoje, o jovem se depara com muitas situações que podem testar sua fé como o uso de drogas, do álcool e outros desafios para os quais ele precisa estar preparado. Por isso, estamos reunidos aqui para saber como ajudar esse jovem a seguir os princípios bíblicos”, afirmou.

A proposta do tema escolhido para o 10º ComadeSL é o de trazer à tona, de forma mais enfática e objetiva, parte dessas discussões, para analisar com a liderança jovem, o perfil desta geração. Foram abordados temas que tratam dos traços marcantes do pentecostalismo ao longo da história da igreja; da ação do Espírito Santo ao longo dos anos; do legado do pentecostalismo clássico para esta geração e do perfil teológico da liderança. Mantendo os ensinamentos recebidos dos pioneiros das Assembleias de Deus no Brasil.

“Queremos tratar sobre a manutenção de uma vida santa no meio de uma geração perversa e corrompida, em que o pecado avança nos lares através do mundo virtual; sobre a restauração do altar da adoração, pois em muitos lugares constata-se muito “oba oba” e nada de adoração”, disse o pastor Enos Ferreira.

Outro tema debatido foi a manutenção da fé no meio acadêmico, já que muitos dos jovens que estão adentrando em universidades devem ter argumentos bíblicos e teológicos para defenderem a fé que professam”, afirmou o pastor Enos Ferreira.

O congresso é realizado a cada dois anos reunindo em torno de 5mil jovens da capital e do interior. Abaixo o ano e tema dos congressos já realizados. A programação deste ano teve o pastor José Guimarães Coutinho, pastor Rayfran Batista, pastor Elizeu Rodrigues, pastor Ângelo Galvão, pastor Esdras Cabral e pastor Airton Carvalho Jr. Teve ainda muitos louvores com Sarah Farias, Luana Rodrigues, Ministério Hebrom, Marquinhos Gomes, Quinteto Dominus e cantores locais. l

O congresso é realizado a cada dois anos reunindo em torno de 5mil jovens da capital e do interior. Abaixo o ano e tema dos congressos já realizados. A programação deste ano teve o pastor José Guimarães Coutinho, pastor Rayfran Batista, pastor Elizeu Rodrigues, pastor Ângelo Galvão, pastor Esdras Cabral e pastor Airton Carvalho Jr. Teve ainda muitos louvores com Sarah Farias, Luana Rodrigues, Ministério Hebrom, Marquinhos Gomes, Quinteto Dominus e cantores locais.

Os jovens da Assembleia renovam sua fé durante o congresso. Quando o jovem se apega à Bíblia, ele tem princípios na sua vida”Enos Ferreira, pastor

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.