Palestra

Bacias do Itapecuru e Mearim serão destacadas pela Codevasf

  •  

Terceira edição do seminário “Revitalização dos Rios Maranhenses e Suas Nascentes” ocorrerá hoje, na escola São José, na Praça do Pantheon, em Caxias; as duas primeiras edições do evento ocorreram em São Luís e em Pedreiras

0
Ações de revitalização das bacias do Itapecuru e Mearim foram apresentadas pela Codevasf durante seminário realizado no Maranhão
Ações de revitalização das bacias do Itapecuru e Mearim foram apresentadas pela Codevasf durante seminário realizado no Maranhão (Foto: Divulgação/Codevasf)

CAXIAS - “Planejamento da Codevasf para a Bacia do Itapecuru” é o tema da palestra que será proferida pela chefe da Unidade de Meio Ambiente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) no Maranhão, Éricka Cunha, no seminário “Revitalização dos Rios Maranhenses e Suas Nascentes”, hoje, na cidade de Caxias.

O evento, que está em sua terceira edição, começa às 8h e será na escola São José, na Praça do Pantheon. O diretor da Área de Revitalização de Bacias Hidrográficas da Codevasf, Inaldo Guerra, participa da abertura do seminário ao lado de outras autoridades.

De acordo com os organizadores - Instituto Cidade Solidária em parceria com o senador Roberto Rocha e correalização do Movimento Ensinando e Aprendendo (MEA) -, um dos objetivos do evento é traçar estratégias e apresentar políticas públicas para a recuperação dos rios maranhenses, em razão da preocupante situação em que se encontram. Dentre os problemas enfrentados estão o despejo de esgoto sem o devido tratamento, perda de volume da água, assoreamento, poluição, além de outros danos causados não somente por desgastes naturais, mas, sobretudo, pela ação do homem.

As duas primeiras edições do evento ocorreram em São Luís e na cidade de Pedreiras. Em Caxias, o foco do evento será a Bacia do Itapecuru, que contempla um dos rios mais importantes do Maranhão e que abastece, inclusive, a ilha onde está localizada São Luís.

As principais ações desenvolvidas pela Codevasf nas bacias dos rios Itapecuru e Mearim também serão temas de debate. Em sua palestra, Ericka Cunha vai destacar os dois convênios assinados entre a Codevasf e a Universidade Estadual do Maranhão (Uema), que totalizam um investimento de R$ 5 milhões. Um deles, no valor de R$ 1,5 milhão, resultará na elaboração do Plano de Recursos Hídricos da Bacia do Itapecuru; o outro tem valor de R$ 3,5 milhões e prevê a construção de uma Estação de Monitoramento de Águas na Bacia do Itapecuru e a aquisição de equipamentos para a estação.

“O foco desses convênios é a qualidade da água, para que possamos garantir uma gestão sustentável dos recursos hídricos nessa importante bacia”, comenta o superintendente regional da Codevasf no Maranhão, Jones Braga, que também estará presente no evento.

Plano nascente
Durante a palestra, Ericka Cunha irá abordar os Planos Nascentes Itapecuru e Mearim, publicações que estão em fase final de elaboração pela Codevasf, que visam propor intervenções para preservação e recuperação das nascentes dessas bacias.

“Esperamos que os planos também sejam de grande valia na indução de políticas públicas relacionadas à conservação de água, solo e recursos florestais no estado do Maranhão”, aponta Leila Lopes, analista em Desenvolvimento Regional da Codevasf e presidente do grupo de trabalho responsável pela elaboração dos planos.

Seguindo os moldes dos Planos Nascentes do São Francisco e do Parnaíba, lançados pela Companhia em 2016, os documentos possuem propostas de atuação da empresa em ações de revitalização das bacias voltadas para o aumento da disponibilidade de recursos hídricos. O foco das ações são a preservação e a recuperação ambiental de nascentes e de suas áreas de recarga hídrica.

SAIBA MAIS

Para participar do seminário, basta fazer a inscrição pelo e-mail: [email protected] ou pelo telefone (98) 9 9221-1261. A entrada é um quilo de alimento não perecível, que será doado no dia do evento para uma instituição de caridade. Quem mora em Caxias e região também pode se inscrever no Centro de Cultura, localizado na Praça do Pantheon.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.