Atraídos pelo São João

Turistas visitam São Luís e passeiam pelo Centro Histórico

  •  

Eles conheceram a história da cidade e aproveitaram para conferir as atrações do arraial da Praça Nauro Machado; se divertindo e provando pratos típicos

0
Turistas fazem pose para fotos de família, na Praia Grande, via do Centro Histórico de São Luís
Turistas fazem pose para fotos de família, na Praia Grande, via do Centro Histórico de São Luís (Foto: Biné Morais / O ESTADO)

Principal manifestação folclórica local, os festejos juninos atraem milhares de turistas para São Luís. Na capital, o bairro Praia Grande, principal do Centro Histórico da capital, acaba concentrando a maioria dos visitantes por causa da arquitetura, artesanato e outros produtos tipicamente maranhenses. No fim de semana, muitos turistas circularam pela Praia Grande e, além de conhecer a história da cidade, aproveitaram para conferir as atrações do arraial da Praça Nauro Machado.

O comerciante paulista Rui Freitas, 44 anos, e um grupo de mais oito pessoas, veio pela primeira vez a São Luís. Eles chegaram ao Maranhão dia 15 e vão embora hoje. Antes de desembarcar na capital maranhense, passaram quatro dias conhecendo os Lençóis Maranhenses. “Escolhemos o Maranhão para nossa viagem por causa da cultura local, da beleza das dunas e a arquitetura da capital. É tudo muito bonito”, disse.

Amigos nossos vieram e recomendaram a cidade. Ficamos admirados com as fotos que eles nos mostraram, por isso, viemos este ano”Ariela Dantas, mineira

Sábado, 17, foi o primeiro dia que o grupo passeou pelas ruas do Centro Histórico. Entre uma rua e outra, o grupo parava para fotografar os casarões, detalhes dos azulejos coloniais, a decoração junina e comentava entre si suas impressões sobre a cidade. “Estamos gostando muito de tudo que vimos no nosso passeio. A cidade é muito bonita e ainda tem esse clima quente. Esta época do ano em São Paulo é muito frio. Estamos adorando passar estes dias aqui”, comentou Rui Freitas.

Além deles, diversos grupos de amigos ou casais passeavam pelo Centro Histórico de São Luís, fotografando cada detalhe da arquitetura colonial portuguesa ou do artesanato local que lhes chamava atenção. Muitos deixaram para ir no fim da tarde para poder assistir às apresentações juninas que ocorreram a partir das 19h na Praça Nauro Machado.

Foi o caso da mineira Ariela Dantas, que veio com o marido e as duas filhas conhecer o São João do Maranhão. “Amigos nossos vieram e recomendaram a cidade. Ficamos admirados com as fotos que eles nos mostraram, por isso, viemos este ano. Começamos o passeio hoje mais tarde para chegar mais próximo do início das apresentações”, contou.

Suporte ao turista
A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setur), está prestando suporte aos visitantes durante todo o ano, disponibilizando atendimento especializado na Central de Informações Turísticas, localizada na Praça Benedito Leite, no Centro. No local, os visitantes são orientados quanto aos atrativos da cidade, horário de funcionamento de museus e demais espaços turísticos, deslocamentos na cidade e municípios da Região Metropolitana de São Luís, mapas e outros serviços.

De acordo com a secretaria, durante o São João, a Central de Informações terá programação especial: no dia 22, das 9h às 12h e das 14h às 18h, os visitantes serão recepcionados com música e personagens típicos do período junino maranhense, como índias de bumba meu boi e coreiras do tambor de crioula; no dia 23, às 10h e 17h, terá apresentação de grupo de boi; no dia 24, mais música e personagens de 9h às 12h. Durante os três dias haverá distribuição de mingau de milho.

SAIBA MAIS

PERFIL DOS VISITANTES

Segundo a Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), o turista que visita a capital maranhense vem principalmente dos estado de São Paulo – a maioria – e Pará. Minas Gerais e Piauí ocupam a terceira colocação no ranking dos maiores emissores de visitantes a São Luís. O turista que costuma vir à capital tem de 28 a 45 anos e costuma passar de 2 a 3 dias na cidade. A Sectur atua ainda junto ao trade turístico local, prestando orientações à rede hoteleira, restaurantes, pousadas, agências de viagens e guias turísticos, para capacitar e preparar os profissionais e estabelecimentos da área para oferecer um serviço cada vez mais especializado aos visitantes.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.