TRT-MA

Semana Nacional da Conciliação Trabalhista começa na segunda

  •  

Órgãos da Justiça do Trabalho no Maranhão já agendaram cerca de 1.400 audiências para o evento, que é uma parceria com os 24 TRTs no país

0
Semana Nacional da Conciliação Trabalhista começa na segunda

Segundo a Secretaria da Corregedoria do Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (TRT-MA), os órgãos da Justiça do Trabalho no Maranhão já agendaram 1.358 audiências para a Semana Nacional de Conciliação Trabalhista (SNCT) 2017, que será realizada pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), no período de segunda, 22, a sexta-feira, 26, em parceria com os 24 TRTs no país.

Desse total, 1.077 audiências foram agendadas por Varas do Trabalho, das quais 592 pelas VTs da capital e 485 pelas do interior. Na primeira instância, o Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas da Justiça do Trabalho em São Luís (Cejusc-JT) agendou 240 audiências extras para o período.

As audiências vão ser realizadas à tarde, com a primeira audiência prevista para o horário de 13h20 e a última para 16h20. O Cejusc localiza-se no 3º andar do Fórum Astolfo Serra, sede das Varas do Trabalho de São Luís. A juíza do Trabalho substituta da 6ª Vara do Trabalho de São Luís Carolina Burlamaqui Carvalho é a coordenadora do Cejusc.

Na segunda instância, estão agendadas 41 audiências que serão realizadas pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Nupemec) do Tribunal, cuja coordenadora é a vice-presidente e corregedora do TRT-MA, desembargadora Solange Cristina Passos de Castro Cordeiro.

SNCT 2017
A Semana Nacional da Conciliação Trabalhista é realizada anualmente pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho, desde 2015. Com o slogan “Para que esperar, se você pode conciliar”, a SNCT 2017 objetiva sensibilizar empregadores e trabalhadores para a conciliação como alternativa de solução de processo de forma rápida e eficaz.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.