Confronto

Assaltantes morrem em confronto com policiais militares

  •  
  •  

Fatos ocorreram ontem, na cidade de Santa Inês, e na quinta-feira, no bairro Caratatiua

0
Assaltantes morrem em confronto com policiais militares

SÃO LUÍS - Dois assaltantes foram mortos em menos de 12 horas em confronto com a polícia, em Santa Inês e em São Luís. Júlio de Oliveira dos Santos, de 22 anos, segundo a polícia, em companhia de José Edmilson Alves da Silva, de 22 anos, estava assaltando na manhã de sexta-feira, 19, na Vila Militar, na cidade de Santa Inês.

O capitão James de Oliveira, comandante da 2º Companhia Independente da Polícia Militar, disse que a dupla, na semana passada, tinha tomado de assalto uma motocicleta de uma mulher e, na manhã de sexta-feira, voltaram a agir na Vila Militar. Os bandidos tinham roubado um tablete de um morador, mas a guarnição policial acabou intervindo e foi recebida à bala.

O capitão declarou que Júlio de Oliveira levou um tiro no abdômen e morreu no local; enquanto, o outro assaltante foi atingido nas nádegas e conduzido ao hospital da cidade, mas não corre risco de morte.

O outro assaltante morto foi Wallace Ribeiro Campos de 23 anos. Segundo a polícia, ele e o seu cúmplice de crime, identificado como Douglas dos Santos Silva, de 23 anos, teriam assaltado uma mulher, na Avenida dos Franceses, no bairro do Caratatiua, na noite de quinta-feira, 18.

A polícia foi acionada e ao chegar ao local foi recebida a bala. Houve troca de tiros. Wallace Ribeiro foi baleado na barriga e morreu ao dar entrada no Hospital Municipal Socorrão I, no Centro. O outro assaltante foi preso e conduzido ao Plantão de Polícia Civil, no Centro. A polícia apreendeu um revólver calibre 32 com numeração raspada e um simulacro de uma pistola.

Ex-presidiário

A polícia informou, também, que o corpo encontrado na manhã de sexta-feira, 19, boiando na Praia de Boa Viagem, em São José de Ribamar, foi identificado como Raimundo Franklin Correa, o Fanfan, de 35 anos. Ele era morador da cidade de Rosário e teria sido preso pelos crimes de tráfico de entorpecente e roubo.

Na terça-feira, 16, Fanfan teria ido ao município de Icatu para pescar e acabou desaparecendo. O corpo foi resgatado do mar pelos integrantes do Corpo de Bombeiros e removido para o Instituto Médico Legal (IML), no Bacanga.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.