Reação

Após perder clássico, Moto busca reação na Série C fora de casa

  •  

Papão, que perdeu para o Sampaio na estreia, encara o Salgueiro, no interior de Pernambuco, pela 2ª rodada da competição

0
O volante Diogo Oliveira deve ser titular novamente no Moto
O volante Diogo Oliveira deve ser titular novamente no Moto (Foto: Divulgação/Moto Club )

SÃO LUÍS – Com um desfalque de última hora, o meia Válber, que passa por problemas de saúde e não viajou, o Moto tenta, neste domingo (22), sua primeira vitória na Série C em jogo contra o Salgueiro, que será disputado, às 16h, no estádio Cornélio de Barros Muniz, no interior pernambucano. Com a derrota para o Sampaio na estreia, o Papão joga pressionado por um bom resultado. Com uma derrota fora de casa na primeira rodada, o Carcará do Sertão também entra em campo precisando de um bom resultado.

Com a saída repentina do autor do gol na derrota para o Sampaio, o técnico Leston Júnior deve escalar o polivalente Raí, que é lateral-esquerdo, mas joga pode atuar em várias posições. Barrado na equipe, Toni Galego corre por fora na briga por essa vaga.

Depois de estrear os recém-contratados Max Carrasco e Diogo Oliveira no compromisso passado, o técnico deve promover mais quatro estreias neste domingo: o lateral-direito Bebeto, o zagueiro Lula e os atacantes Vitinho e Rafamar

“Nós estamos trocando os pneus com o carro andando. A gente conversou muito com a direção. É um trabalho árduo, porque nós vamos ter que fazer trocas dentro do elenco com o campeonato em seu percurso”, disse Leston Júnior, lamentando ter de montar seu time no meio da competição.

Desta forma, o Papão deve ir a campo com: Márcio Arantes, Bebeto, Lula, Laerte, Lorran; Diogo Oliveira, Felipe Dias e Max Carrasco, Toni Galego (Raí), Victor e Rafamar.

Força da torcida

Assim como o Moto, o Salgueiro precisa da vitória e pretende usar o apoio de sua torcida para garantir o triunfo neste domingo. O time pernambucano foi derrotado por 2 x 1 para o Confiança (SE) e o técnico Evandro Guimarães aposta na força da equipe atuando em casa, onde venceu quase todos jogos no Estadual deste ano.

“O Cornélio é sempre positivo para a gente. Os jogadores estão acostumados com o gramado, com o espaço e ainda tem a presença do nosso torcedor apoiando. Tenho certeza que fará a diferença no próximo confronto”, disse Guimarães.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.