Foco

Guerrero lamenta ausência de Diego e ressalta preparação de Zé Ricardo

  •  
  •  

Peruano lamentou lesão do camisa 10, mas elogiou o foco da equipe na busca por títulos no Carioca e na Libertadores

0
Guerrero na atividade que o Flamengo fez nesta quinta-feira no Ninho do Urubu
Guerrero na atividade que o Flamengo fez nesta quinta-feira no Ninho do Urubu (Foto: Divulgação/Flamengo )

Rio - O foco do Flamengo é total na decisão no próximo domingo contra o Botafogo, às 16h (de Brasília), no estádio Maracanã, pela semifinal do Campeonato Carioca. Para Guerrero, o duelo é de fundamental importância para o Rubro-negro.

“A gente quer sair campeão, nos preparamos e chegamos agora para isso. O jogo de domingo é muito importante, é uma decisão. Mata-mata. E temos que saber ganhar e temos a vantagem do empate. Queremos jogar essa final para sairmos campeões”, declarou o jogador.

O centroavante lamentou a ausência do meia Diego, que está se recuperando de uma operação no joelho direito, após sofrer uma lesão no menisco medial e no ligamento colateral. Porém, negou que apenas ele assuma a responsabilidade com a ausência do camisa 10.

“Sabemos da falta que fará o Diego, que é um jogador importante para nós. Zé já deve definir o time. Responsabilidade maior, mas acho que é para todo o grupo. A gente é um grupo muito unido, que sabe o que quer, todo mundo assume essa responsabilidade. Não somente eu e Diego. Todo mundo assume. Réver é o capitão, assume muito esta responsabilidade também. É dividida por todos”, declarou o camisa 9

O peruano ainda ressaltou a boa preparação feita pelo técnico Zé Ricardo e sua comissão técnica. “Nos preparamos muito bem para as decisões. Não só taticamente e fisicamente, como psicologicamente também. Nos reunimos entre nós, para esse mês que está sendo duro, com jogos grandes e decisivos. Zé está mandando bem também, vendo variedade dos jogadores e experimentado. Vai ser difícil, mas com certeza

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.