Patrocínio

Presidente do Sampaio vai à CBF pedir cota antecipada

  •  

Com o rebaixamento da Série B para a C do Campeonato Brasileiro, o Sampaio perdeu R$ 5 milhões de cotas de TV

0
Em São Paulo, Sérgio Frita vai assinar contratos de patrocínio
Em São Paulo, Sérgio Frita vai assinar contratos de patrocínio (Foto: Biné Morais)

O presidente do Sampaio Corrêa, Sérgio Frota, viajará para São Paulo e Rio de Janeiro em busca de recursos para o clube. Na capital paulista, o dirigente vai assinar contratos de patrocínio e na capital fluminense, tentará a antecipação da cota de TV referente a participação do clube na Copa do Brasil.

Com o rebaixamento da Série B para a C do Campeonato Brasileiro, o Sampaio perdeu R$ 5 milhões de cotas de TV. Agora, o dirigente tentar arrumar as finanças para fazer uma boa temporada em 2017.

Enquanto o presidente busca recursos fora do estado, o time segue treinando sob o comando do treinador Vinícius Saldanha. Ontem, o time trabalhou em tempo integral. Com a pré-temporada ocorrendo em ritmo intenso, os jogadores têm aproveitado cada etapa de treinamento para aperfeiçoar aspectos distintos durante a preparação.

A atividade da manhã foi dedicada basicamente a um reforço muscular na academia, seguido de um trabalho no campo. À tarde, o grupo voltou a se reunir no CT, a partir das 15h30, para fechar o dia de treino.

Os treinamentos diários são sempre intercaladas com treinos físicos e contato com bola, sob o comando unificado da preparação física, fisiologia e parte técnica e tática com o treinador Vinícius Saldanha. “Nós temos que aproveitar bem essa pré-temporada, porque o calendário vai ser puxado. Precisamos estar bem preparados em todos os aspectos, tanto físico quanto técnico”, disse o atacante Henrique.

O Sampaio estreia no Campeonato Maranhense, dia 22 deste mês, contra o Santa Quitéria, no Estádio Castelão.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.