Polêmica

Deputada diz que Funac fez ajustes às pressas em prédio após denúncias

  •  

Está programada para a tarde desta quarta-feira (11) uma visita da deputada estadual Andrea Murad (PMDB) ao imóvel alugado

0
Moradores prostestam contra unidade da Funac no bairro
Moradores prostestam contra unidade da Funac no bairro (Foto: De Jesus / O ESTADO)

SÃO LUÍS - Está programada para a tarde desta quarta-feira (11) uma visita da deputada estadual Andrea Murad (PMDB) ao prédio alugado onde funciona desde o dia 4 uma unidade da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), no bairro Aurora. De acordo com a parlamentar, porém, ajustes estão sendo feitos às pressas no imóvel por causa da interferência da deputada.

Segundo Murad, caminhões entravam e saíam da propriedade e vários operários foram vistos no local preparando o imóvel para a sua visita. Ela afirmou que durante todo dia de ontem os operários trabalharam na colocação das grades, levantamento do muro e assistência elétrica.

"O tempo é muito curto para tentar ajustar o que em quase dois anos não se fez naquele imóvel para receber os internos. É lamentável que só depois de toda a repercussão negativa do governo Flávio Dino sobre o impedimento de visitar a unidade da Funac na Aurora, voltaram atrás e resolveram reconhecer o erro ao impedir um deputado de exercer suas atividades, entre as principais de agente fiscalizador”, escreveu a deputada.

A parlamentar já havia tentado visitar a unidade no domingo (8) e, mesmo comunicando à assessoria da Funac sobre a sua chegada na Aurora, não teve sua solicitação atendida. No ofício da presidente da Funac, Elisângela Correia Cardoso, ao gabinete da deputada Andrea, o órgão justificou o impedimento com base no Plano de Segurança. Porém, o próprio documento da Funac revela que as autoridades previstas em lei não têm restrição de horário para realização de visitas, podendo ocorrer sem prévio agendamento, o que já está previsto no Regimento Interno da AL-MA e a Constituição do Estado do Maranhão.

Andrea Murad revelou pelas redes sociais que um aliado do governo telefonou para tratar da nova visita. “Esta manhã eu recebi um telefonema de um aliado do governo confirmando a minha visita à Unidade de Internação que agendei para esta quarta-feira onde irei verificar as condições do imóvel para abrigar os internos”, explicou.

Ainda esta semana, Andrea Murad vai acionar o Ministério Público para que investigue o contrato de aluguel do imóvel. Junto à Func, a parlamentar já protocolou um pedido de cópia do processo que originou a locação da casa na Aurora, o processo de reforma e adequação com a confirmação da empresa licitada para trabalhar no local.

"Vou protocolar uma Representação na Procuradoria Geral de Justiça para apurar os atos de improbidade praticados pelos agentes públicos, em que pesa o fato de que por mais de um ano foi pago o aluguel do imóvel de propriedade de um filiado do PCdoB sem utilizar o espaço”, disse.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.