Atletismo

Atletas superam desafios na primeira Corrida de Trilha de São Luís

  •  
  •  

Evento reuniu centenas de pessoas, que competiram por trilhas feitas dentro do Sítio Santa Eulália, no bairro do Calhau

0
A Corrida de Trilha de São Luís contou com percursos de 6 e 12 quilômetros
A Corrida de Trilha de São Luís contou com percursos de 6 e 12 quilômetros (Foto: Divulgação)

São Luís – Crianças, adultos, casais e até famílias inteiras. A primeira Corrida de Trilha de São Luís, organizado pela Bee Sports, reuniu, no sábado (11), centenas de atletas para um desafio em meio a natureza. O local escolhido pela organização foi o Sítio Santa Eulália, no Calhau. Com o tema Desafio Bee: natureza e sociedade, o evento tece como objetivo integrar o esporte com a natureza, chamando a atenção para a necessidade de se preservar o meio ambiente.

Esta foi a terceira corrida da modalidade realizada no Maranhão. No ano passado, a praia de Guarapiranga, no munícipio de São José de Ribamar, recebeu a primeira prova. Os Lençóis Maranhenses foram palco da primeira ultramaratona de corrida de trilha no início do ano. Em São Luís, a competição trouxe dois percursos diferentes, um mais desafiador que o outro, de 6 km e 12 km, para os gêneros masculino e feminino. Além dos obstáculos naturais, os atletas tiveram de superar algumas barreiras colocadas pela organização da corrida. A comunidade do Sítio Santa Eulália também foi incluída nas atividades da prova e auxiliaram os atletas durante toda competição.

O evento mostrou que não há limite de idade para praticar o esporte. O aposentado Baltazar, de 59 anos, participou pela primeira vez de uma corrida de trilha. Atleta há mais de 30 anos, o bancário aposentador já tem duas maratonas no currículo e esbanja vitalidade. Logo que soube da corrida de trilha, não pensou duas vezes e se inscreveu para o percurso de 12 quilômetros. Não chegou entre os primeiros, mas mostrou que tem pique de deixar qualquer jovem boquiaberto. “Corro no asfalto. Já corri duas maratonas, inclusive corri a maratona do Rio, foi a última que participei. A corrida foi muito boa. O cenário muito belo, com certeza irei participar de outras competições do tipo”, disse.

A corrida contou com a participação de atletas de outras modalidades esportes de renome no cenário do esporte, como a triatleta Shirley Orivane. No início do ano, ela participou da primeira ultramaratona de corrida de trilha do Maranhão, também promovida pela Bee Sports, foi a primeira experiência da atleta na modalidade. “A ultramaratona foi um desafio muito grande, mas esta foi bem diferente. Lá em Barreirinhas, nós tínhamos o desafio da resistência, da luta contra si mesmo por ser uma distância bem longa. E aqui não, é um percurso curto, mas com muito obstáculo e tudo é muito intenso, a frequência vai lá pra cima e assim a gente tem de dar o máximo”, explicou.

Além de proporcionar, uma experiência nova para atletas de São Luís, a Bee Sports chamou atenção para necessidade da preservação ambiental na Ilha de São Luís. “Depois de mais esse evento da Bee Sport, tenho a sensação do dever cumprido. Nossa arena funcionou perfeitamente. A gente encontrou um lugar novo para competir em São Luís, diferente e bem legal. O evento foi um sucesso e vem coroar o calendário da Bee Sports. Correndo na natureza a gente consegue perceber inúmeras coisas, inclusive a necessidade da preservação deste ambiente que está muito degradado”, contou Anderson Nogueira, organizador do evento.

Ganhadores

6 km

Masculino

Francisco Anderson S. Leitão
José Gomes da Silva
Fernando Berniz Aragão
José Armando de Oliveira
Antônio José de Souza

Feminino

Priscila Alves O. Araújo
Shirley Orivane
Juliana Coutinho Amorim Carneiro
Helóisa Vitória Ferreira gomes
Karla Maria Massari Lobo

12 km

Masculino

Francisco de A. G Monteiro
Aluízio Ribeiro
Eric Adriano Silva Santos
Antônio Renato Cruz Nonato
Netto e Cia

Feminino

Luana Silva Caldas
Aninha Trabulsi
Taíse Alini Varão Ribeiro
Poliana Santos
Adelice de Castro Lima

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.