Cinema

Programa Brasil de Todas as Telas anuncia projetos beneficiados nas linhas de fluxo contínuo

  •  
  •  

Dois longas-metragens, uma série, um telefilme e um núcleo criativo receberão recursos do Fundo Setorial do Audiovisual.

0
Programa Brasil de Todas as Telas anuncia projetos beneficiados nas linhas de fluxo contínuo
Foto: Divulgação/Ancine

BRASIL - A ANCINE e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) divulgaram uma nova lista de projetos para cinema e televisão selecionados em chamadas públicas de fluxo contínuo que serão beneficiados com investimentos do Programa Brasil de Todas as Telas. Entre os projetos anunciados estão dois longas-metragens para as salas de exibição, dois projetos documentais para a TV paga e a renovação de um núcleo criativo. O investimento total nos cinco projetos é de cerca de R$ 2,5 milhões, em recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

Dois projetos para a TV foram contemplados pela Chamada PRODAV 01/2013: a segunda temporada da série "Foliar Brasil doc", de Carolina Paiva, com estreia prevista para o canal CineBrasil TV; e o telefilme "Feminino singular", de Sandra Werneck, para o Canal Curta!.

Duas chamadas públicas direcionadas ao investimento em projetos para o cinema também tiveram projetos contemplados. A Chamada PROCEDINE 03/2016, que disponibiliza recursos para a fase de comercialização, investirá no documentário "Santoro - o homem e sua música", de John Howard Szerman. Já pela chamada PRODECINE 04/2013, que oferece a complementação de recursos, foi aprovado o investimento no projeto "Seara de vento", de Sérgio Tréfaut.

Finaliza a lista a aprovação da renovação do apoio ao núcleo criativo "Mira Lab", liderado pelo diretor e roteirista Leonardo Levis, sob responsabilidade da produtora Mira Filmes, pela Chamada Pública PRODAV 13/2016.

Confira abaixo a ficha técnica dos novos projetos selecionados:

PRODAV 01/2013

"Foliar Brasil doc - 2ª temporada" – Série documental
Produtora: Flora Filmes (RJ)
Programadora: CineBrasil TV
Direção: Carolina Paiva
Roteiro: Carolina Paiva e Flavia Orlando
Valor investido pelo FSA: R$ R$ 779 mil
Sinopse: Segunda temporada da obra seriada “Foliar Brasil doc”. A principal finalidade da série é conhecer a diversidade cultural brasileira através de elementos populares como festejos, danças, pratos e trajes típicos.

"Feminino singular” – Telefilme documentário
Produtora: Cineluz Produções (RJ)
Programadora: Canal Curta!
Direção e Roteiro: Sandra Werneck
Valor investido pelo FSA: R$ 400 mil
Sinopse: O filme retrata alguns casos de violência contra a mulher no Brasil atual, lançando uma luz sobre um problema social que causa muitas inquietações. As leis avançam e, no entanto, o machismo permanece. Estupros coletivos partem agressores cada vez mais jovens e vítimas idem. No filme, as jovens feministas são porta-vozes dessa juventude vulnerável.

PRODECINE 03/2016

"Santoro - o Homem e sua música" - Longa-metragem documentário
Produtora: daDA'n Zen (DF)
Distribuidora: Elo Company
Direção e Roteiro: John Howard Szerman
Valor investido pelo FSA: R$ 81,1 mil
Sinopse: Documentário sobre a vida e obra do músico, compositor e maestro Claudio Santoro (1919-1989). Autor de mais de 600 obras em 50 anos de carreira como compositor de música erudita e eletroacústica, Claudio Santoro é considerado um dos três mais importantes músicos eruditos do Brasil ao lado de Carlos Gomes e Villa-Lobos.

PRODECINE 04/2013

Seara de vento” – Longa-metragem de ficção
Produtora: Refinaria Produções (RJ)
Distribuidora: Pandora Filmes
Direção e Roteiro: Sérgio Tréfaut
Valor investido pelo FSA: R$ 231 mil
Sinopse: Baseado em romance de Manuel da Fonseca, inspirado em fatos reais que tiveram lugar perto de Beja, em 1932, e se tornaram conhecidos na imprensa da época como "A Tragédia de Beja". O filme conta a história de uma família alentejana, isolada num monte, que luta pela sobrevivência e pela dignidade.

PRODAV 13/2016

"Mira Lab" – Núcleo Criativo
Produtora: Mira Filmes (SP)
Projetos: "Nós, duas"; "Fora da curva"; "Amarildo", "Uma aventura no estádio", e "Eu e o
pinguim"
Valor investido pelo FSA: R$ 1 milhão

Saiba mais sobre o Programa Brasil de Todas as Telas

O Programa Brasil de Todas as Telas, lançado em julho de 2014, foi moldado para atuar na expansão do mercado e na universalização do acesso às obras audiovisuais brasileiras. Trata-se de uma ampla ação governamental que visa transformar o País em um centro relevante de produção e programação de conteúdos audiovisuais. Foi formulado pela ANCINE em parceria com o MinC, e com a colaboração do setor audiovisual por meio de seus representantes no Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual - FSA.

Até meados de janeiro de 2017, o Programa Brasil de Todas as Telas já aprovou 593 propostas de financiamento de longas-metragens e 531 propostas de séries e telefilmes. O Programa também já investiu em 263 propostas de projetos em fase de desenvolvimento e em 69 núcleos criativos em todas as regiões do país, que gerarão 398 novas obras audiovisuais.

Em seu terceiro ano, o Programa Brasil de Todas as Telas garante a continuidade de uma política pública vigorosa para o audiovisual brasileiro. Para dar previsibilidade às suas ações de investimento, a ANCINE disponibilizou o Calendário de Financiamento para o biênio 2016/2017, que traz as datas previstas para a abertura e divulgação de resultados das chamadas públicas do Programa.

Leia outras notícias em imirante.com/namira. Siga, também, o Na Mira no Twitter, Instagram, Snapchat, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no YouTube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2383.

plantão i

    enquete

    VOTE QUANTAS VEZES QUISER!

    Qual deve ser o final de Irene em A Força do Querer?

    PARTICIPAR VER PARCIAL

    redes sociais