Política

Flávio Dino é citado por delator da Odebrecht e se defende

  •  
  •  

0
Foto: Divulgação/ Secap

O governador Flávio Dino (PCdoB) se manifestou no Tweeter após ter o seu nome incluído na lista do ministro Luiz Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato. Ele foi citado por delatores da Odebrecht, mas se diz inocente.

O delator José de Carvalho Filho disse ao Ministério Público Federal (MPF) que se reuniu com então deputado federal Flávio Dino sobre o Projeto de Lei 2.279/2007 que atribuía segurança jurídica a investimentos do Grupo Odebrecht e que pagou diretamente ao governador Flávio Dino (PCdoB) R$ 400 mil para a campanha eleitoral em 2010.

O delator disse que Dino teria solicitado ajuda para a campanha eleitoral. “[…] pagamento efetuado no total de R$ 400 mil”. A senha para receber o dinheiro teria sido dada ao próprio parlamentar, afirma o relatório, e a operação foi realizada pelo Setor de Operações Estruturadas e registrada no sistema “Drousys”.

O governador do Maranhão disse que jamais atendeu a qualquer interesse da Odebrecht.

“O justo propósito de investigar crimes muitas vezes atinge injustamente pessoas inocentes. É o meu caso. Tenho consciência absolutamente tranquila de jamais ter atendido qualquer interesse da Odebrecht, nos cargos que exerci nos 3 Poderes. Se um dia houver de fato investigação sobre meu nome, vão encontrar o de sempre: uma vida limpa e honrada. Tenho absoluta certeza de que a verdade vai prevalecer, separando-se o joio do trigo. Inevitável a indignação por ser citado de modo injusto sobre atos que jamais pratiquei. Mas infelizmente faz parte da atual conjuntura”, disse.

Leia outras notícias em imirante.com/miranteam. Siga, também, a MiranteAM no Twitter e curta nossa página no Facebook.

no ar

17h00

00:27:03 / 01:59:00

ouça agora

Panorama

próximo programa 19h00

Voz do Brasil

plantão i

    facebook