Educação

Seduc abre matrículas para escolas de tempo integral

  •  
  •  

0
Foto: Divulgação/ Seduc

Na próxima segunda-feira (16) começam as matrículas para os 11 Centros de Educação de Tempo Integral, que vão funcionar em São Luís (seis unidades) e mais cinco municípios maranhenses: Alcântara (1), Santa Inês (1), São José de Ribamar (1), São Bento (1) e Timon (1).

Os Centros de Educação de Tempo Integral serão chamados de ‘Educa Mais’ e consistem em um novo modelo de escola pública, que visa o desenvolvimento dos estudantes em todas as suas dimensões – intelectual, social, cultural, física e emocional –, por meio de ações integradas e em tempo integral, envolvendo atores que influenciam diretamente na formação plena dos estudantes: família, educadores, gestores e comunidades locais.

Na educação integral, os sujeitos são considerados, no espaço escolar, em sua formação mais ampla como ser humano. É por isso que logo na primeira semana de aula, os alunos farão suas escolhas pela área que desejam aprofundar seus estudos nos três anos do Ensino Médio, seja na arte, estética, música, linguagens, ciências humanas, matemática, ciências da natureza, dentre outras.

Os 11 centros começam a funcionar a partir de março. Em São Luís, os Centros de Ensino Almirante Tamandaré (na Cohab); Professora Maria Mônica Vale (no Vinhais); Dorilene Silva Castro (no Coroadinho); Margarida Pires Leal (na Alemanha); Joana Batista (na Cidade Olímpica), e CAIC Barjonas Lobão (na Cidade Operária) serão centros de educaçãointegral.

No município de Alcântara, o C.E. Professor Aquiles Batista Vieira também funcionará neste modelo. Em Santa Inês, será o C.E. Poeta Antônio José; em São José de Ribamar será o CAIC São José de Ribamar; no município de São Bento, o C.E. Kiola Costa; e em Timon, o C.E. Jacira de Oliveira e Silva.

Terá acesso à matrícula na 1ª série nos Centros de Educação Integral, o estudante que já concluiu ou estiver concluindo o 9º ano do ensino fundamental em escolas regulamentadas das redes federal, estadual, municipal ou privadas. A matrícula será prioritariamente para os estudantes que residem mais próximos dos Centros ou sejam oriundos de escola pública próxima.

Para os 2º e 3º anos, a matrícula será automática para os alunos da casa. As vagas excedentes serão preenchidas com alunos externos, obedecendo ao critério de proximidade da escola.

Leia outras notícias em imirante.com/miranteam. Siga, também, a MiranteAM no Twitter e curta nossa página no Facebook.

no ar

20h00

01:28:02 / 01:59:00

ouça agora

Bola na Rede

próximo programa 22h00

Musical

plantão i

    facebook