IMPERATRIZ
Para conhecer funcionalismo

Prefeitura de Imperatriz anuncia recadastramento de servidores, ainda, este mês

  •  
  •  

A portaria, com os prazos, deve ser publicada esta semana.

0
Recadastramento deve começar, ainda, este mês.
Recadastramento deve começar, ainda, este mês. - Arte: Imirante.com

IMPERATRIZ – A Prefeitura de Imperatriz vai iniciar, ainda, este mês, o recadastramento de seus servidores. O objetivo é fazer um “raio X” do funcionalismo para possibilitar melhor dinamismo da administração.

O prefeito Assis Ramos disse que está avaliando a portaria que ordena o levantamento, com o secretário de administração, José Antonio Silva Pereira e a previsão é que o recadastramento inicie esta semana pela Secretaria Municipal de Administração.

“Olha é um pilar de toda a administração saber quem está trabalhando, onde está lotado, quais são as gratificações que aquela pessoa está recebendo e isso sabemos através do recadastramento. Isso é uma atitude básica de qualquer administrador”, justificou o prefeito Assis Ramos em entrevista especial ao portal Imirante Imperatriz .

O levantamento será presencial, e deverá durar um mês a partir da entrada em vigor da portaria sobre o assunto. O gestor municipal disse que há casos de pastas em que será possível fazer o estudo em um dia, mas em razão das secretarias com maior quantidade de servidores, como Saúde e Educação, o prazo deverá ser de um mês.

Funcionalismo público

Ainda sobre o funcionalismo, o prefeito Assis Ramos fez questão de dizer que o pagamento de janeiro está assegurado, apesar da crise e escassez de recursos. “Não existe qualquer possibilidade desses pagamentos serem atrasados, nós temos recursos sim para isso”, frisou.

O gestor garantiu que em fevereiro deverá ser elaborado um calendário de pagamento do funcionalismo. “Temos muitas coisas para fazer, mas o mais importante que a população precisa saber, sobretudo os servidores, é que não haverá atraso e falta de pagamento dos servidores”, garantiu.

Extinção de secretaria e criação da Guarda Municipal

Com a transição o prefeito Assis Ramos passou a ter mais informações sobre a estrutura do município para tomar algumas medidas, uma delas, é que não vai mais extinguir a Secretaria de Regularização Fundiária. Ele disse que há muitos problemas no município que poderão ser solucionados pela pasta.

O gestor municipal garantiu que continua disposto a criar a Guarda Municipal, uma proposta de campanha dele. No entanto, essa criação deve ser a partir do primeiro ano do governo, em razão depender de recursos financeiros.

Criação da Secretaria de Transparência

Principal tema de sua campanha, a transparência vai ter um destaque no governo do prefeito Assis Ramos, mas não será criada a secretaria. Ramos disse que a Controladoria-Geral do Municipal e a Ouvidoria Municipal atuam na mesma função e podem substituir a Secretaria Municipal de Transparência.

“Será apenas uma questão de nomenclatura, mas a função é a mesma. Então isso a gente vai manter do jeito que está. Fazer secretarias com a mesma função das secretarias que já existem é desnecessário, agora com relação a Guarda Municipal isso é uma das minhas bandeiras(...)”, destacou.

Concurso público

Apesar do cenário de crise em âmbito nacional, o prefeito Assis Ramos mantém sua proposta de realizar concurso público. Ele só não deu prazo. “Antes de você pensar em mais contratações, seja pela via constitucional, você tem que ver se tem condição de pagar. Então é necessário um planejamento, então obviamente que, pela minha carreira profissional, que ingressei no serviço púbico, isso é uma prioridade minha, agora temos que casar com condições de pagar esses servidores e ter uma estrutura compatível, assim como é o caso da Guarda Municipal. Não adianta criar a Guarda Municipal e cadê as viaturas?”, indagou.

Na entrevista especial o prefeito Assis fala, ainda, de outros assuntos como a realização de auditoria nas contas da gestão anterior, a eleição da presidência da Câmara de Vereadores, entre outros. Confira a entrevista, na íntegra:

Leia outras notícias em imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, Snapchat, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no YouTube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2383.

plantão i

    redes sociais