IMPERATRIZ
Defesa do Consumidor

Procon Municipal inicia operação para vistoriar clínicas odontológicas em Imperatriz

  •  
  •  

A operação foi denominada de Operação Dente de Leite.

0
O Procon deu início a uma operação chamada de Dente de Leite.
O Procon deu início a uma operação chamada de Dente de Leite. - Foto: Divulgação/ Procon Municipal Imperatriz

IMPERATRIZ – O Procon Municipal de Imperatriz iniciou uma operação denominada Dente de Leite que tem por finalidade combater o exercício ilegal da profissão de odontologista e verificar condições sanitárias das clínicas.

Na prática, a campanha vai vistoriar a regularidade do alvará de funcionamento de clínicas odontológicas, atestado sanitário, atestado do Corpo de Bombeiros e registro da clínica e dos profissionais no Conselho Regional de Odontologia (CRO-MA).

A gestora de fiscalização da unidade do Procon de Imperatriz, Fernanda Bianquini, explicou que a fiscalização é realizada em parceria com a Polícia Militar do Maranhão e o CRO-MA.

“Essa operação pretende verificar as condições sanitárias, o exercício ilegal da profissão, fato considerado crime contra a saúde pública, o descarte correto de lixo, e se possui inscrição junto à Receita Municipal para emissão de nota fiscal com o CPF e o Código de Defesa do Consumidor exposto”, disse ela.

Segundo Fernanda, os estabelecimentos que não estiverem em conformidade com a legislação serão autuados pela equipe de fiscalização do Procon-MA, e os que forem constatados acumulação de critérios básicos serão, automaticamente, interditados pelo órgão.

O estabelecimento que for autuado vai ter prazo de dez dias para encaminhar defesa ou impugnação do auto ao Procon-MA, bem como encaminhar a documentação para iniciar o registro no Conselho Regional de Odontologia. Entre as punições, está a interdição da clínica odontológica.

Leia outras notícias em imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, Snapchat, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no YouTube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2383.

plantão i

    enquete

    VOTE QUANTAS VEZES QUISER!

    O que você acha necessário para reduzir os índices de criminalidade?

    PARTICIPAR VER PARCIAL

    redes sociais