Série A

Palmeiras bate Bahia e vence primeira partida fora de casa no Brasileirão

  •  
  •  

O Alviverde volta a campo na próxima quarta-feira (21) contra o Atlético Goianiense.

0
Palmeiras bate Bahia e vence primeira partida fora de casa no Brasileirão
Foto: Cesar Grego/Palmeiras

SÃO PAULO - O Palmeiras pôs fim ao jejum de vitórias fora do Allianz Parque pelo Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo (18), na Arena Fonte Nova, o Verdão superou o Bahia pelo placar de 4 a 2, em duelo válido pela 8ª rodada da competição nacional. Os gols palmeirenses foram marcados por Róger Guedes, Keno, Yerry Mina e Willian.

Esta foi a 20ª vitória palestrina diante do tricolor baiano em Brasileirões. Além dos triunfos, o Verdão soma nove empates e nove reveses contra o rival em 38 partidas na história da competição, além de 49 gols marcados e 29 sofridos. O Alviverde também encerrou a invencibilidade do Bahia na Arena Fonte Nova pelo torneio.

O Alviverde volta a campo pelo Campeonato Brasileiro na próxima quarta-feira (21), às 21h, contra o Atlético Goianiense, no Allianz Parque, pela 9ª rodada. O Palmeiras é o maior invicto entre os mandantes das equipes das Séries A, B, C e D do torneio na atualidade, com 28 partidas sem revés (26 no Palestra, uma no Pacaembu e uma na Fonte Luminosa). Esta marca também representa a maior sequência sem derrota do clube como mandante neste século.

O jogo

Apesar de não jogar em seus domínios, o Palmeiras iniciou o duelo em cima do Bahia, com marcação no campo de defesa do rival. No comando de ataque, Róger Guedes e Keno eram os mais acionados pelas articulações de Alejandro Guerra. Aos 15, o venezuelano lançou o camisa 27, que foi parado com falta dentro da área por Rodrigo Becão: pênalti! Na cobrança, Guedes deslocou Jean e abriu o placar para o Verdão – foi o primeiro tento da equipe fora do Allianz Parque na competição. (Bahia 0x1 Palmeiras)

A marcação palmeirense dificultou a criação de jogadas pelo lado do time baiano. A aposta do Alviverde era nos contra-ataques, principalmente pelas pontas do campo. Quando o período já se encaminhava para o fim, o Bahia chegou ao empate: após jogada individual de Zé Rafael, Prass fez duas defesas dificílimas, mas Vinícius pegou o rebote e deixou tudo igual. (Bahia 1x1 Palmeiras)

Já na segunda etapa, Mayke deu lugar a Tchê Tchê, e o jogo pegou fogo logo nos primeiros minutos com as duas equipes buscando o gol. Nesta empreitada, o Verdão levou a melhor: aos três, após ajeitada de Guerra, Keno, de fora da área, colocou a bola na gaveta, sem chances para o goleiro Jean: golaço! (Bahia 1x2 Palmeiras)

A partida era lá e cá: enquanto o Bahia tentava a todo custo o empate, o Verdão mantinha a marcação forte no meio de campo e dificultava as ações do adversário. Dono da armação das jogadas palmeirenses, Guerra dava as cartas no ataque: aos 16, o meia deu bola açucarada para Egídio finalizar, mas parou no arqueiro rival. Dois minutos depois, o camisa 18 serviu Jean na grande área, mas o volante mandou por cima.

Para dar sangue novo ao ataque palestrino, Cuca colocou Erik no lugar de Keno, que saiu aplaudido de campo. A tarde em Salvador também marcou a estreia de Luan: após se recuperar de lesão no pé direito, o zagueiro foi para o jogo no lugar de Thiago Santos.

Os minutos finais do duelo pegaram fogo. Com a parte defensiva sob controle, o Verdão chegou ao terceiro gol pelo alto: aos 37, após cobrança de falta de Jean pela esquerda, Juninho subiu mais que a zaga baiana e tocou para o gol. Mina, de carrinho, completou para o fundo das redes. (Bahia 1x3 Palmeiras)

A vantagem tranquilizou o Verdão, mas o Bahia fez questão de incendiar a partida novamente: aos 39, após confusão na área palmeirense, João Paulo diminuiu para os donos da casa. (Bahia 2x3 Palmeiras)

Apesar do tento do tricolor baiano, a vitória fez questão de ficar do lado palestrino: já nos acréscimos, após contra-ataque, Guerra pegou sobra de Erik e tentou finalizar, mas esbarra na defesa. No rebote, Willian, de primeira, mandou no cantinho do goleiro Jean e fechou a conta para o Verdão – foi o primeiro do camisa 29 no Brasileirão, artilheiro da equipe na temporada com dez gols. (Bahia 2x4 Palmeiras)

Escalação: Fernando Prass; Mayke (Tchê Tchê), Juninho, Yerry Mina, Egídio; Thiago Santos (Luan), Jean, Guerra; Keno (Erik), Róger Guedes e Willian

Gols

Bahia: Vinicius (45’ – 1ºT), João Paulo (39 – 2ºT)

Palmeiras: Róger Guedes (17’ – 1ºT), Keno (03’ – 2ºT), Mina (37’ – 2ºT) e Willian (47’ – 2ºT)

Cartões amarelos: Keno, Willian, Juninho e Guerra

Leia outras notícias em imirante.com/esporte. Siga, também, o Imirante Esporte no Twitter, Instagram, Snapchat, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no YouTube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2383.

plantão i

    redes sociais