Mercado da Bola

Chapecoense apresenta mais quatro reforços para a temporada

A equipe catarinense está em reconstrução após a tragédia do avião da LaMia.
Gazeta Esportiva09/01/2017 às 22h11
Reforços foram apresentados nesta segunda-feira. (Divulgação / Chapecoense)

CHAPECÓ - A Chapecoense apresentou mais quatro reforços nesta segunda-feira. O goleiro Elias, o meia Osman, o zagueiro Luiz Otávio e o volante Andrei Girotto passaram pelo protocolo que vem sendo realizado constantemente pelo time catarinense, que está em reconstrução após a tragédia do avião da LaMia.

Agora, oficialmente 11 jogadores já foram apresentados. Além dos quatro, o zagueiro Groli, o lateral Zeballos, o volante Amaral, os meio-campistas Nadson e Dodô e os atacantes Rossi e Niltinho já vestiram a camisa do clube de Chapecó.

O goleiro Elias tem apenas 21 anos e defendeu o Juventude. Ele terá a difícil tarefa de substituir Danilo, um dos grandes nomes da equipe da Chapecoense do ano passado. Em sua segunda temporada como profissional, Elias disputou 42 partidas.

“Agradeço a confiança. O grupo que está chegando vai honrar muito os eternos guerreiros que se foram. Vamos correr atrás e alcançar todos os nossos objetivos. Esse grupo é forte e vamos ser uma família”, disse o jovem atleta. “ O grupo de jogadores que está chegando é muito capacitado. Quando todos estão remando para o mesmo lado, as coisas dão certo”

Osman 24 anos, iniciou a sua carreira profissional no Oeste e rodou por diversos times do interior paulista. Antes de chegar no América-MG, onde conquistou o Campeonato Mineiro de 2016, ele defendeu o Luverdense. Na última temporada, ele atuou em 45 jogos, balançou as redes oito vezes e assistiu 12 companheiros.

“A motivação é ver aqueles jogadores que sobreviveram lutando para voltar a jogar pela Chape. Nossa maior motivação é lutar pelos que se foram”, afirmou Osman.

Girotto, 24 anos, foi campeão da Copa do Brasil com o Palmeiras em 2015 e atuou no Japão na última temporada. Durante 2016, o volante disputou 39 jogos, marcou cinco gols e ainda fez oito assistências.

“É uma honra vestir essa camisa por toda sua história e pelo o que aconteceu. Todos os jogadores vão dar o máximo dentro de campo para dar alegria à torcida. Não foi fácil para ninguém o que aconteceu”, disse o jogador formado no Metropolitano. “Já deu para sentir o ambiente da cidade. Não só as pessoas estão nos recebendo muito bem, mas o ambiente de treino, todos têm o mesmo objetivo”.

Já o zagueiro Luiz Otávio defendeu o Luverdense nas últimas duas temporadas e disputou 22 partidas e marcou um gol no ano passado. O jogador de 24 anos também tem passagens pelo Bonsucesso e Bangu.

“É uma responsabilidade imensa, mas o que seria de nós sem desafios? Buscamos sempre melhorar. O grupo está bem unido para buscar a perfeição, para fazer bons jogos e agradar os torcedores”, completou.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.